Allan Simon: Palmeiras lidera sozinho transmissões da Globo SP no Brasileirão pela 1ª vez em 19 anos

Palmeiras começou Brasileirão sem contrato de TV aberta, mas acabou sendo preferido da Globo em SP

Allan Simon
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalha com esportes desde 2011 e já passou por veículos como R7 (Rede Record), Abril.com, UOL Esporte e Torcedores nas funções de redator, repórter, editor e apresentador de vídeos. Experiências de coberturas em duas Copas, duas Olimpíadas, dois Pans. Atualmente, produz o Blog do Allan Simon, é colunista de Mídia Esportiva do Torcedores e colaborador do UOL.

Crédito: Arte: Torcedores

Justamente em um campeonato no qual o torcedor palmeirense chegou até a ficar sem ter como ver duas partidas do seu time do coração por falta de acordo entre Palmeiras e Grupo Globo, o time alviverde foi o campeão de exibições do Brasileirão na TV Globo em São Paulo de maneira isolada. Foi a primeira vez que isso aconteceu desde a Copa João Havelange de 2000.

O duelo que rebaixou o Cruzeiro na última rodada, no domingo (8), foi a 13ª partida do Palmeiras exibida pela Globo em TV aberta para a Grande São Paulo neste Brasileirão. O time deixou para trás o Corinthians (11 jogos) e o São Paulo (10) após embalar em quantidade de transmissões a partir de agosto, quando a Globo passou a priorizar de vez partidas do time alvinegro no PPV.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

No ano passado, o Palmeiras já tinha sido o time mais transmitido pela Globo SP, mas compartilhou o posto com o São Paulo, ambos com 13 jogos. O Corinthians na ocasião teve 10. O Santos mais que dobrou a quantidade de partidas na região metropolitana de 2018 para 2019: pulou de três para sete, mas se manteve na “lanterna” entre os grandes paulistas.

O Palmeiras chegou ao fundo do poço em transmissões da Globo no ano de 2015, quando começava a reestruturação que levaria ao título da Copa do Brasil naquela temporada, a dois troféus do Brasileirão, em 2016 e 2018. Foram apenas quatro partidas exibidas para a Grande São Paulo. No ano anterior, marcado por uma luta contra o rebaixamento até o último minuto, tinham sido cinco.

A conquista do título em 2016 empolgou a Globo, que mostrou 12 jogos daquela campanha. De lá para cá, foram 13 partidas em todos os anos: no vice de 2017, na campanha vencedora de 2018, e no terceiro lugar em 2019.

Foi a primeira vez na era dos pontos corridos que o Palmeiras liderou sozinho as transmissões. Isso não tinha acontecido nem quando o Corinthians jogou a Série B, em 2008, abrindo espaço na Globo para a Série A. Naquela temporada, o São Paulo teve 19 partidas exibidas, mesmo número do time alviverde (e o Tricolor levou vantagem em termos de TV aberta por ter tido um jogo exclusivo a mais na Band, totalizando 20).

A última liderança isolada, ocorrida em 2000 na Copa João Havelange, aconteceu em um formato de mata-mata no qual o Palmeiras foi o grande paulista que conseguiu chegar mais longe: eliminado nas quartas de final pela então sensação, o São Caetano. Foram 14 jogos exibidos naquele campeonato que valeu como o Brasileirão, contra dez do Santos, oito do São Paulo e apenas sete do Corinthians, que vivia uma péssima fase fazendo campanha de rebaixado – como o torneio foi disputado em módulos, não havia rebaixamento.

Considerando os contratos de transmissão coletivos do Brasileirão, prática que começou em 1987 com a Copa União, o Palmeiras só tinha liderado as transmissões da Globo SP de forma isolada, além de 2000, nas temporadas de 1996 (12 jogos), 1995 (11 jogos), e 1989 (seis jogos). Em todos esses casos, o Verdão nunca foi campeão brasileiro quando foi o mais exibido pela emissora. Mas, em 1993, o time alviverde liderou a TV aberta em São Paulo, somando jogos exclusivos da Band.

Ao todo, entre 1987 e 2019, o Palmeiras soma 266 jogos transmitidos pela Globo SP no Brasileirão. Está atrás do São Paulo, vice-líder, que tem 318, e do Corinthians, que possui 409. O Santos é o quarto colocado, com 194. Considerando a TV aberta como um todo, ou seja, incluindo partidas exclusivas de Band e Record no período, o Palmeiras teve 290 partidas na Grande São Paulo, contra 350 do São Paulo e 443 do Corinthians. O Santos teve 283.

Os dados que basearam o texto desta coluna foram retirados de uma extensa pesquisa do Blog do Allan Simon que catalogou 1392 jogos transmitidos do Campeonato Brasileiro em TV aberta para a região metropolitana de São Paulo ao longo dessas 33 temporadas. A pesquisa só considera jogos exibidos em sinal aberto de televisão, sem contar partidas exclusivas na internet. Mesmo que contassem, o Palmeiras ainda liderou sozinho o ranking de 2019.

Allan Simon é jornalista esportivo desde 2011, tendo passado por redações como o R7, Abril.com, UOL Esporte e Torcedores. Participou das coberturas de duas Copas do Mundo, duas Olimpíadas, dois Pans, e diversos outros momentos históricos do esporte brasileiro nesta década. Criador do Prêmio Torcedores de Mídia Esportiva. Atualmente comanda o Blog do Allan Simon, é colaborador do UOL e colunista do Torcedores. 

LEIA MAIS
Allan Simon: Flamengo enterra velhos conceitos sobre audiência em SP 
– Allan Simon: Brasileirão da TNT foi um campeonato melhor que o do SporTV
– Allan Simon: Tirar jogos da TV aberta é caminho errado para bombar PPV

– Allan Simon: Globo consegue quase 20% mais audiência com jogos de mata-mata em SP
– Allan Simon: Força do futebol fez Globo promover mudanças históricas em 2019