Premiação ATP: Auger-Aliassime, Berrettini, Medvedev e Tsitsipas são os candidatos ao tenista que mais evoluiu na temporada

Auger-Aliassime é um dos tenistas indicados ao prêmio de maior evolução da temporada 2019, segundo ATP.

Felipe Persiani
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Facebook

A ATP divulgou os jogadores que alcançaram uma posição significativamente alta no ranking e que demonstraram um desenvolvimento no nível de jogo. Para este ano os indicados são: Felix Auger-Aliassime, Matteo Berrettini, Daniil Medvedev y Stefanos Tsitsipas. O ganhador será escolhido pelos tenistas e divulgado ao final do mês de dezembro.

Esporte de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Felix Auger-Aliassime (ranking ATP atual nº21 – subiu 88 posições)

O jovem está presente no ranking da ATP desde os 14 anos de idade. Aos 17 anos, em 2017, se tornou o atleta mais jovem a entrar no Top-200. Este ano foi uma subida gigantesca na sua posição, de 109ª para 21ª, subindo 88 colocações.

Fez um Rio Open excelente e alcançou a final do torneio. Com isso, subiu 40 posições, tornando-se Top-60. No mês seguinte, foi semifinalista no Masters 1000 de Miami, o resultado o impulsionou para estar entre os 40 melhores tenistas daquele período. Conseguiu mais duas finais: em Lyon e Stuttgart, sendo derrotado em ambas.

Matteo Berrettini (ranking ATP atual nº8 – subiu 46 posições)

Esta temporada foi a melhor da carreira do italiano de 23 anos. Conquistou 43 vitórias e terminou 2019 como número oito do ranking da ATP, com dois títulos vencidos.

Em abril, acumulou duas finais – Budapeste e Munique, venceu a primeira e foi derrotado no segundo torneio. Fez uma boa gira na grama, alcançando título em Stuttgart, semifinais em Halle e oitavas de final em Wimbledon.

O momento máximo veio no US Open, onde Berrettini chegou em sua primeira semifinal de um Grand Slam. Conseguiu também sua primeira semifinal em um Masters 1000, em Shangai.

Daniil Medvedev (ranking atual nº5 – subiu 11 posições)

O Russo fez um 2018 sólido, ganhando seus três primeiros títulos. Chegou ao número 16 do ranking. Mas, 2019 foi o ano para Daniil. Atingiu 9 finais e 59 vitórias na temporada. Abriu o ano como finalista em Brisbane, depois título em Sofia, semifinais em Monte Carlo e uma decisão em Barcelona.

Nos meses de Julho e meados de outubro, o jovem acumulou um recorde de 23V e 3D com seis finais consecutivas. Medvedev levantou duas taças de Masters 1000 seguidas, Cincinnati e Shangai. Foi finalista no US Open contra Rafael Nadal. Os tenistas protagonizaram um dos melhores jogos de 2019.

Stefanos Tsitsipas (ranking atual nº6 – subiu 9 posições)

O grego tem a oportunidade de ser o segundo tenista a alcançar o prêmio de jogador que mais evoluiu duas vezes seguidas. Apenas Novak Djokovic conquistou isso dois anos consecutivos (2006-07).

Foi semifinalista no Aberto da Austrália, derrotou Roger Federer no caminho. Tsitsipas venceu dois título 250 em Marselha e Estoril, além de ser finalista em outros três torneios.

Passou por Nadal para chegar na grande decisão do ATP de Madrid, ainda foi finalista em Dubai e Pequim.

Foi no ATP Finals que conseguiu seu maior resultado em 2019. Sagrou-se campeão do campeonato que reúne os oito melhores da temporada. Bateu Medvedev, Zverev e Federer antes de levantar a taça contra Thiem.

LEIA MAIS

Australian Open: confira os tenistas inscritos para a temporada 2020