Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Salário por produtividade, despedida, estágio e novo cargo: os planos do Fluminense para Fred em 2020

Atacante pode ser o primeiro reforço tricolor para a próxima temporada

Wilson Pimentel
Jornalista esportivo desde 1998. Cobriu os principais eventos esportivos da última década. Passou pelas redações do SBT, Record TV, CNT, Esporte Interativo, Rádio Tupi, Rádio Brasil e Rádio Manchete. É correspondente de veículos de comunicação da Colômbia, Croácia, Paraguai e Portugal. Está no Torcedores.com desde 2019.

Crédito: Fred negocia retorno para o Fluminense (Foto: Nélson Pérez /Fluminense)

O presidente Mário Bittencourt quer Fred no Fluminense para atrair outros jogadores para a equipe em 2020. A boa relação entre o dirigente e o atleta é um dos trunfos da negociação. Afinal de contas, o dirigente e o atacante construíram uma ótima relação entre 2009 e 2016.

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Segundo apurou o Torcedores.com, a ideia é que Fred seja contratado apenas para disputar o Campeonato Carioca. Em conversas preliminares, o jogador em nenhum se preocupou com o lado financeiro. Até porque, ele quer voltar para o clube por lembranças afetivas e não por cifras.

Em um primeiro momento, o clube projeta oferecer um salário de fixo de R$ 150 mil, que prevê um salário de R$ 200 mil com bonificações. O contrato prevê cláusulas, que contemplam produtividade, ou seja, número de jogos. Além disso, existem aditivos para metas individuais como gols e assistências, buscas coletivas e o título do Campeonato Carioca. O Fluminense quer adequar a sua realidade financeira a vontade do jogador.

Em 2020, a tendência, é que Fred ganhe um salário menor que Paulo Henrique Ganso, por exemplo, por isso sua chegada não inviabiliza a chegada de outros reforços mais expressivos. A aposta da diretoria é fazer com que Fred deixe sua marca em uma torcida que está carente de títulos.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

A diretoria tricolor planeja apresentar uma oferta para realizar um jogo de despedida da carreira, no Maracanã, ficando com parte da bilheteria. Internamente todos estão otimistas que Fred aceitará a proposta. Pesou para o clube formatar o projeto a Fred o papel que o ídolo tricolor poderá desempenhar no vestiário.

Com isso, o contrato seria encerrado após o Estadual, quando o novo ciclo será iniciado. Posteriormente, Fred faria um estágio de seis meses no Fluminense. Ele, inclusive, atuaria no dia a dia futebol profissional e nas categorias de base. Após esse período, ele teria uma nova função se tornando um integrante da comissão técnica.

Se aceitar o cargo, Fred seguirá os passos de Branco, outro ídolo tricolor que ocupou cargo diretivo no Fluminense entre 2006 e 2009 durante a gestão de Roberto Horcades. Enquanto isso, os torcedores e dirigentes tricolores lidam com a dúvida.

Procurado pela reportagem, Francis Mello, empresário que cuida dos interesses de Fred não retornou as ligações do Torcedores.com.

Siga o Torcedores também no Instagram

A carreira

Fred é um dos maiores ídolos do Fluminense. Na equipe tricolor conquistou o Campeonato Brasileiro (2010 e 2012), o Campeonato Carioca (2012), além do título da Primeira Liga (2016). Ao todo, Fred marcou 172 gols e disputou 288 partidas pela equipe tricolor.

Revelado nas categorias de base do América-MG, Fred se destacou com as camisas do Cruzeiro e Atlético-MG. O atacante também se destacou pelo Lyon, da França, onde ficou por quatro temporadas. Pela seleção brasileira, disputou a Copa do Mundo de 2006. Também fez parte da equipe goleada pela Alemanha nas semifinais do torneio de 2014, no Brasil.

Fred em ação pelo Fluminense

Mário Bittencourt é o maior entusiasta da volta de Fred para o Fluminense (Foto: Nélson Pérez /Fluminense)

LEIA MAIS:

Futebol: Nenê aceita reduzir salário para continuar no Fluminense em 2020

Futebol: Fluminense anuncia “limpa” no elenco e dispensa três jogadores