São Paulo segue sem receber pagamento de Lucas Pratto e clube aciona a Fifa, diz site

River Plate deve € 4 milhões ao Tricolor paulista pela compra do atacante Lucas Pratto

Flavio Souza
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/River Plate

O São Paulo segue com problemas para receber o pagamento referente a venda de Lucas Pratto. Em janeiro de 2018 o time paulista negociou o atacante com o River Plate, no valor de € 11.5 milhões (R$ 53,75 milhões) e € 3,5 milhões (R$ 16,36 milhões) por metas alcançadas. Mas conforme informação do site “Globo Esporte“, o clube argentino segue com problemas para efetuar os pagamentos para o clube brasileiro. Valor em atraso chega aos € 4 milhões (R$ 18,7 milhões).

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Representação do São Paulo na Fifa

O River Plate deveria ter pago € 2 milhões (R$ 9,35 milhões) ao São Paulo no fim de setembro. Por conta do atraso, o Tricolor entrou com uma representação junto à Fifa, cobrando o clube argentino. Trata-se da segunda vez que o clube precisa acionar a entidade que gerencia o futebol mundial pelo mesmo motivo. No fim de setembro o clube paulista entrou com a primeira representação, cobrando o mesmo valor, mas referente ao atraso na parcela do mês de julho.

Se a Fifa entender que o São Paulo está sendo prejudicado por estes atrasos, o clube argentino poderá ser multado em valor que varia entre 15% e 20% dos valores negociados.

Lucas Pratto chegou ao São Paulo no começo de 2017. O clube pagou € 6,2 milhões (R$ 28,98 milhões) ao Atlético-MG, mas o jogador não rendeu o esperado pelo Tricolor. Ele atuou em 48 jogos e marcou 14 gols. No ano seguinte o River Plate contratou o atacante e em sua primeira temporada ele ajudou o time a conquistar o título da Copa Libertadores 2018.

LEIA MAIS

PARTIU ALEMANHA? ANTONY DESPISTA SOBRE FUTURO E FOCA EM ÚLTIMO JOGO DO SÃO PAULO NO BRASILEIRÃO

GRUPO DE CONSELHEIROS DO SÃO PAULO PEDEM IMPEACHMENT DE LECO