Relembre seis momentos marcantes de Fernando Prass no Palmeiras

Com o fim do contrato, Prass encerrou seu ciclo no clube e aproveitamos para separar grandes momentos do goleiro durante sua passagem

Gabriel Neves
26 anos. Jornalista formado na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Passagens por Footstats e Placar Uol. Participante do podcast ''As Quatro Forças''.

Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras

A Sociedade Esportiva Palmeiras é conhecida historicamente, dentre outros nomes, como academia de goleiros. Fernando Prass, apesar de não ser cria da base do clube, fez jus ao histórico palmeirense nesse quesito. Já conhecido por suas grandes atuações no Vasco da Gama, o camisa número 1 assinou contrato com o Palmeiras no dia 11 de dezembro de 2012.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Durante sua passagem pelo clube, o arqueiro defendeu as cores alviverdes em 274 partidas. Conquistou três títulos nacionais: Copa do Brasil e Brasileiro (2x). Marcou um gol e defendeu 15 pênaltis. Se juntou também a grandes nomes da história palestrina e se tornou o oitavo goleiro com mais partidas jogadas no clube. Dado todo o grande histórico, separamos os seis maiores momentos do jogador no Palmeiras.

Momentos marcantes de Prass

1 – Semifinal do Campeonato Paulista 2015 contra o Corinthians

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

No dia 19 de abril, Corinthians e Palmeiras se encontraram na semifinal do estadual. Em jogo único realizado na Arena Corinthians, a partida terminou empatada por 2 a 2 no tempo normal e a decisão se encaminhou para as penalidades máximas. Foi então que a estrela de Fernando Prass brilhou. O goleiro defendeu dois pênaltis e classificou o time para a final do torneio. Apesar da derrota alviverde na final, o jogador foi eleito o melhor goleiro do campeonato.

2 – Semifinal da Copa do Brasil 2015 contra o Fluminense

A trajetória do goleiro durante toda a Copa do Brasil foi impecável, mas no confronto diante do Fluminense, pela semifinal do torneio, o arqueiro se consagrou. Em 28 de outubro o Palmeiras ganhava por 2 a 1, Prass defendeu um chute difícil do atacante Fred nos minutos finais do jogo, gol que poderia ter dado a classificação ao time carioca. Nos pênaltis defendeu a cobrança de Gustavo Scarpa que ajudou na classificação da equipe.

3 – Final da Copa do Brasil 2015 contra o Santos

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Em 2 de dezembro de 2015, na final contra o rival Santos no Allianz Parque, sagrou-se campeão da Copa do Brasil pelo Palmeiras. O arqueiro foi fundamental para o título. Defendeu uma cobrança na disputa de pênaltis e converteu a última cobrança do alviverde, culminando com a conquista do tricampeonato palmeirense. 

4 – Duelo contra o Rosário Central na fase de grupos da Libertadores 2016

O jogo contra o time argentino do Rosario Central podia não valer título ou classificação naquele exato momento, mas era de extrema importância para a pontuação. A vitória de 2 a 0 do Palmeiras não refletiu o que foi visto em campo. Os argentinos amassaram os paulistas em casa e pararam em noite inspirada de Fernando Prass. A revelação Lo Celso, que hoje defende o Tottenham, e o goleador Marco Rúben infernizaram a vida palmeirense na partida. Mas Prass estava imbatível. Tanto que defendeu até o pênalti do atacante rival aos 15 minutos do segundo tempo, evitando o empate no momento.

5 – Clássico contra o Corinthians no Paulista de 2016

Em partida válida pela primeira fase do estadual, o Palmeiras encarou o Corinthians no Pacaembu, no dia 3 de abril. Havia um tabu de 20 anos em jogo. Era o período que o alviverde não vencia o rival no Estádio Municipal. Com a bola rolando o jogo seguia empatado por 0 a 0 até 30 minutos do segundo tempo, quando uma penalidade máxima foi assinalada a favor do Corinthians. Lucca foi para a cobrança e Prass se esticou todo para a fazer a defesa. O estádio inflamou e, na sequência, Dudu marcou o gol que decretou o fim do tabu e a vitória palmeirense.

6 – Título Brasileiro diante da Chapecoense em 2016

O nono título brasileiro do Palmeiras ocorreu no dia 27 de novembro contra a Chapecoense, no Allianz Parque. A partida foi vencida pelos donos da casa por 1 a 0. O jogo, no entanto, não ficou marcado apenas pela conquista. Fernando Prass estava retornando de lesão, após um segundo semestre complicado. Jailson foi substituído nos minutos finais do confronto e Prass entrou em campo emocionado e extremamente ovacionado pela torcida.

LEIA MAIS:

Ex-presidente do Palmeiras, Paulo Nobre critica saída de Prass: “não se dispensa um ídolo”

Marcos exalta história de Prass no Palmeiras: “Foi uma honra ter você vestindo nossa camisa”