Time de Balotelli demite treinador após três jogos; ex-técnico dispensado há um mês retorna

Equipe do Brescia vem de série de seis derrotas consecutivas no Campeonato Italiano

Vinícius Rodrigues Alves
Advogado por formação, roqueiro de criação e escritor por opção!

Crédito: Reprodução/Facebook Brescia Calcio BSFC

O Brescia anunciou ontem (2), a demissão do treinador Fabio Grosso. Contratado em 5 de novembro, o ex-jogador, que foi campeão do mundo em 2006 com a Itália ficou à frente da equipe por apenas três jogos.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? clique aqui e se inscreva!

Siga o Torcedores também no Instagram!

Para o seu lugar, o clube anunciou o retorno de Eugenio Corini, treinador que havia sido demitido há menos de um mês.

Aos 41 anos, Fabio Grosso não conseguiu acertar a equipe do Brescia, que sob o seu comando disputou três partidas, sofrendo três derrotas. No total, a equipe sofreu 10 gols e marcou apenas um.

Outro ponto marcante na curta passagem do treinador foi o afastamento do atacante Mario Balotelli antes da partida contra a Roma.

Para o então treinador, “faltava intensidade” ao atacante italiano durante os treinamentos da equipe.

O Brescia é o lanterna da Série A do Campeonato Italiano. Em 13 jogos disputados até o momento, o clube venceu apenas duas vezes, além de ter conquistado um empate.

A última vitória no campeonato aconteceu em 21 de setembro, diante da Udinese, fora de casa.

A equipe soma apenas sete pontos e está a cinco da Sampdoria, primeira equipe fora da zona de rebaixamento no torneio nacional.

LEIA MAIS

Presidente do Lyon confirma intenção em contratar Benzema: “Será possível no futuro”

Marco van Basten é retirado do FIFA 20 depois de protagonizar saudação nazista na TV