Troféu dos campeões: Racing fatura a taça na despedida do técnico

Racing venceu o Tigre por 2 a 0 na despedida do técnico Eduardo Coudet e conquistou o título do Troféu dos Campeões na Argentina

Guilherme Azevedo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Divulgação/ Racing Twitter

O Racing faturou a primeira edição do Troféu dos Campeões da Argentina. Neste sábado (14), a Academia de Avellaneda ganhou por 2 a 0 do Tigre em Mar del Plata e garantiu a taça. Em uma espécie de Supercopa ou Recopa, o duelo colocou lado a lado o campeão argentino e o campeão da Copa da Superliga. Os gols foram marcados pelo paraguaio Matías Rojas.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Coudet se despede com taça no Troféu dos Campeões

O principal destaque da decisão, entretanto, foi a despedida de Eduardo Coudet. Ele fez sua última partida no comando do Racing e irá comandar o Internacional. Assim, ele assume o colorado gaúcho para a temporada 2020 na expectativa de ganhar taças no Rio Grande do Sul. Coudet é conhecido por praticar um jogo vertical com muita intensidade.

Com a taça conquistada do Troféu dos Campeões, Coudet se tornou o primeiro técnico a ganhar dois títulos como técnico do Racing desde Juan José Pizzuti, que ganhou a Libertadores e o Mundial de Clubes em 1967. O Racing ganhou a Superliga Argentina sob o comando de Coudet no primeiro semestre.

Na decisão do Troféu dos Campeões, o Racing se defendeu mais na primeira etapa e no contra-ataque marcou duas vezes. O primeiro gol saiu aos 31 e o segundo aos 44. Ambos os gols aconteceram de assistências de Walter Montoya para Rojas. No segundo tempo, o Tigre tentou pressionar, mas parou em Arias. O time de Victoria ainda perdeu o meia Prediger, expulso devido ao segundo amarelo. Assim, o jogo ficou tranquilo e foi controlado pelo Racing até o fim.

Assim, Coudet se despediu em grande estilo do futebol argentino. Agora, Coudet parte para Porto Alegre para assumir o Internacional. Por outro lado, o Racing ainda não definiu seu novo comandante. A expectativa é que Sebastián Beccacece assuma o comando da Academia para 2020.

LEIA MAIS
Alvo dos clubes brasileiros, Beccacece interessa ao Racing: “É um treinador que eu gosto”