Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Vasco não sabe o que fazer com lateral que “custou” R$ 70 mil por jogo

Rafael Galhardo tem contrato com o clube até 2021

Wilson Pimentel
Jornalista esportivo desde 1998. Cobriu os principais eventos esportivos da última década. Passou pelas redações do SBT, Record TV, CNT, Esporte Interativo, Rádio Tupi, Rádio Brasil e Rádio Manchete. É correspondente de veículos de comunicação da Colômbia, Croácia, Paraguai e Portugal. Está no Torcedores.com desde 2019.

Crédito: Rafael Galhardo está fora dos planos do Vasco para 2020 (Foto: Rafael Ribeiro /Vasco)

Um ano atrás, em 2018, o Vasco buscava um lateral-direito experiente para solucionar o problema crônico da posição. O alvo foi Rafael Galhardo, então do Cruzeiro, e o clube não precisou investir um centavo sequer na contratação. Até porque, o jogador ficou disponível no mercado após o encerramento de seu contrato com a equipe celeste.

A história mais bonita do futebol agora tem um banco. Faça parte do meu BMG Vasco!

No entanto, Rafael Galhardo nunca teve oportunidades reais no time, foi “escanteado”, como se diz na gíria do futebol, e hoje totaliza 1.458 minutos em 22 jogos com a camisa vascaína. Com remuneração de R$ 130 mil por mês, ele custou em média R$ 70 mil por cada partida realizada pelo Vasco.

Na época, o Vasco contava com Yago Pikachu, que passou a ser utilizado como meia direita, além do jovem Rafael França que estava no seu primeiro ano entre os profissionais. A temporada de 2018, terminou com o zagueiro Luiz Gustavo improvisado na lateral.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Rafael Galhardo chegou e estreou na segunda rodada do Campeonato Carioca. Na ocasião, acabou substituindo Yago Pikachu na vitória por 4 a 2 sobre o Nova Iguaçu, em São Januário. Depois disso, atuou em 22 partidas com a camisa do Vasco e não convenceu os técnicos Zé Ricardo, Jorginho e Alberto Valentim, que passaram pelo clube nesse período.

No início desta temporada, acabou dispensado pelo Vasco. Mas logo foi emprestado ao Grêmio após um pedido do técnico Renato Portaluppi. No retorno ao Tricolor Gaúcho, o lateral alternou bons e maus momentos. Por lá, disputou 20 jogos, marcou dois gols e conquistou o Campeonato Gaúcho.

Hoje o Vasco enfrenta problemas na lateral-direita: Raúl Cáceres foi devolvido ao Cerro Porteño, do Paraguai, Cláudio Winck não conseguiu se firmar no time titular, enquanto Rafael França é considerado uma aposta para 2020.

Siga o Torcedores também no Instagram

Mesmo assim, o jogador de 28 anos não deve ficar no Vasco na próxima temporada. Com isso, seguirá encostado e fora dos planos do técnico Vanderlei Luxemburgo. A tendência é que Rafael Galhardo se apresente normalmente ao clube para participar da pré-temporada em janeiro.

O Torcedores.com conversou com representantes do estafe de Rafael Galhardo. Segundo apuração da reportagem, nesse momento, a situação está estagnada. A ideia é esperar a movimentação do mercado antes de definir o futuro do jogador que tem contrato com o Vasco até janeiro de 2021.

Rafael Galhardo é sondado por clube recém promovido à Série A do Brasileirão

Rafael Galhardo em ação no Flamengo

Rafael Galhardo não vingou no Flamengo (Foto: Alexandre Vidal /Flamengo)

O Vasco tem o desejo de emprestar Rafael Galhardo, mas faltam clubes interessados. O Coritiba, que estão de volta à Série A do Campeonato Brasileiro, surgiu como opção, mas não passou de uma sondagem. Procurado pela reportagem, André Mazzuco, diretor executivo de futebol do Vasco, não retornou as ligações do Torcedores.com.

A chance de ser reintegrado ao elenco é reduzida. Para a lateral, Yago Pikachu se tornou a principal opção nesta temporada. O clube, inclusive, busca mais jogador para a posição. Ainda por cima, Vanderlei Luxemburgo deve observar os jovens Nathan e Cayo Tenório destaques do time sub-20 em 2019. Isso sem contar com Rafael França que vem pedindo passagem no time principal.

A última vez que entrou em campo pelo Vasco foi na derrota para o Sport, dia 20 de outubro, pelo Campeonato Brasileiro de 2018. Posteriormente, ele caiu no esquecimento em São Januário.

Revelado no Flamengo, Rafael Galhardo acumula passagens pelo Santos, Bahia, Grêmio, Anderlecht-BEL e Atlético-PR, antes da ida para o Cruzeiro. Nesse ínterim, ele conquistou o Campeonato Brasileiro (2009), a Copa do Brasil (2017), o Campeonato Carioca (2009 e 2011), o Campeonato Baiano (2014), além do Campeonato Gaúcho (2019).

LEIA MAIS:

Futebol: Vasco não renova empréstimo e Raúl Cáceres será devolvido ao Cerro Porteño

Futebol: Após empréstimo, Jordi retorna ao Vasco e será avaliado por Vanderlei Luxemburgo

Futebol: Vasco pode usar jogadores de peso como moedas de troca na busca por reforços para 2020