Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

World Rugby lança a segunda divisão do Sevens masculino

Nova competição contará com a participação dos Tupis

Leonardo Chaves
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Rio-2016

A World Rugby anunciou nesta terça-feira, 17 de dezembro, a criação de uma nova divisão de Sevens para a temporada 2020: a World Rugby Sevens Challenger Series. A nova competição vai contar com seleções de segundo nível na modalidade Sevens do Rugby mundial.

Você já conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Ao todo serão 13 seleções fixas das seis regiões da World Rugby: Brasil, Chile, Alemanha, Hong Kong, Itália, Jamaica, Japão, Papua Nova Guiné, Portugal, Tonga, Uganda, Uruguai e Zimbábue. Três seleções: México, Paraguai e Colômbia, também entrarão nas disputas na condição de convidadas.

Sistema de disputa com promoção e rebaixamento

Os tradicionais torneios de Viña del Mar, no Chile, e Punta del Este, Uruguai, entrarão como etapas desse novo circuito, sendo jogados no mês de fevereiro.

As oito melhores classificadas dessas duas primeiras etapas jogarão um torneio play-off, realizado em abril de 2020, em evento paralelo ao HSBC World Rugby Sevens Series de Hong Kong, a divisão de elite do Rugby 7s.

Existirá um sistema de promoção e rebaixamento entre as duas divisões: o campeão da Sevens Challenger Series será promovido ao HSBC World Rugby Seven Series, ocupando a vaga do lugar do último colocado na divisão principal da temporada anterior.

Esse sistema foi pensado para estimular o desenvolvimento da modalidade em países onde ela é menos expressiva e promover a  competitividade entre as seleções de níveis mais baixos do Rugby com sete atletas. Também existe um foco no ciclo olímpico, uma vez que a modalidade passou a fazer parte do programa dos jogos desde a edição do Rio de Janeiro, em 2016.

Aliás, oito equipes que participarão dessa nova disputa: Brasil, Chile, Hong Kong, Jamaica, México, Tonga, Uganda e Zimbábue, lutarão numa repescagem por vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, que começam em julho de 2020.

Também acontecerão mudanças nas disputas das séries mundiais no Sevens feminino, o que, segundo nota oficial da Sudamérica Rugby que anuncia a World Rugby Sevens Challenger Series , ficará para um momento oportuno.

LEIA MAIS:

De James Bond a presidente dos Estados Unidos, veja 10 celebridades que jogaram Rugby

Seleção de rugby do Brasil vence torneio de forma invicta e garante vaga nas Olimpíadas de Tóquio