Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Zagueiro treinado por Guardiola critica conduta do espanhol: “Não dá muita importância ao lado humano”

Benatia não aprovou o modo como Guardiola se relacionava com o elenco do Bayern de Munique

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Divulgação/Manchester City

Atualmente no Al Duhail, do Qatar, o zagueiro marroquino teceu críticas em relação ao comportamento do técnico. Tendo estado sob o comando do técnico enquanto estava no time bávaro, o defensor citou que o comandante possuía um relacionamento distante com ele. Sendo assim, se preocupava apenas com os resultados dentro de campo.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“É minha opinião e muitos compartilham. Guardiola é alguém que não dá muita importância ao lado humano. Ele diz que é porque teve decepções no passado.  Ele falou: ‘Eu comprei você, te queria. Você tem essa qualidade e outra qualidade. Eu preciso disso, eu vou te ensinar isso e aquilo, você está aqui para fazer o que eu digo, mas não estamos aqui para ser amigos’”, declarou.

Além disso, Benatia recordou que teve boas relações com a maioria dos seus ex-treinadores, exceto o atual técnico do City.

“Acabei de sair de Roma com Rudi. Não éramos amigos, mas tínhamos um ótimo relacionamento. O mesmo com Guidolin. Mas com Pep, não”, disse Benatia.

Mesmo não sendo amigo de Guardiola, o zagueiro reconheceu que aprendeu diversos conceitos com o espanhol.

“Ele mostra como posicionar seu corpo, como controlar a bola, para que seus ombros fiquem completamente orientados para o que acontece no jogo. Taticamente, ele sempre luta pela superioridade no meio-campo, ele quer jogar. Eu não corri com ele em dois anos. Ele é talvez o melhor do mundo no nível tático. Quando cheguei ao Bayern, eu tinha 28 anos e acho muito conhecimento de futebol. No entanto, todos os dias tive a impressão de descobrir uma nova faceta do futebol”, completou.

LEIA MAIS