“Vitória sobre Mogi dá confiança para o Corinthians”, diz Teichmann

Teichmann segue como desfalque do Corinthians para as partidas do NBB

Antonio Carlos Junior
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Twitter NBB

Capitão do Corinthians e âncora da defesa alvinegra, o pivô Guilherme Teichmann está afastado das quadras desde o final de 2019 por conta de lesões. O veterano esteve presente na vitória do Timão sobre o Mogi Basquete nesta terça (10) e falou com exclusividade ao Torcedores.com.

Você já conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Vitória sobre o Mogi

Uma das melhores defesas do NBB, o Corinthians viu sua produção defensiva cair muito com a ausência de Teichmann. No entanto, o pivô elogiou a unidade na vitória sobre o Mogi e analisou o resultado.

É uma vitória importante, a gente precisava de uma vitória contra um time forte, um time que está no topo da tabela e a gente precisava de uma vitória pra dar moral, pro time voltar com confiança, voltar a se sentir bem. Eu acho que isso era o mais importante. Hoje no jogo a gente conseguiu o que precisava. O time fez um bom jogo, fez uma ótima defesa. O ataque foi razoável mas a defesa foi ótima e quando precisou o ataque compareceu. Então, no geral, o time fez um ótimo jogo e nos deixa num momento muito bom pra sábado“, comentou Teichmann.

Lesão

Teichmann também comentou a lesão e as chances de retorno à equipe ainda nesta temporada.

A gente tem uma previsão de volta para os playoffs, provavelmente uns jogos antes dos playoffs. Previsão de recuperação é de três meses e esses três meses cairiam lá nos playoffs. Mas a gente está com esperança de voltar um pouquinho antes“.

Momento do Corinthians

A vitória sobre o Mogi foi a segunda consecutiva do Timão, que havia vencido o Pato Basquete na última sexta. Essa foi a primeira vez que o Corinthians conseguiu o feito desde novembro de 2019. Teichmann comentou o momento da equipe e o abatimento após a derrota na Sul-Americana.

É difícil falar né? Foi uma sequência difícil de jogos, acho que o Corinthians sentiu a Sul-Americana – era um torneio que a gente queria muito ganhar, e que a gente tava jogando em casa. As vezes isso atrapalha um pouco. Mas acho que o importante é agora no final do campeonato a equipe estar no caminho certo, se sentindo bem jogando bem e firme para o playoff“, finalizou.

LEIA MAIS

Fischer brilha e Corinthians derrota Mogi Basquete pelo NBB

NBB: saiba os jogos que serão exibidos AO VIVO essa semana (09 a 15/03)