Ícone do site Torcedores – Notícias Esportivas

Villeneuve: “Seria mais inteligente decidir que não terá F1 em 2020”

Divulgação

Campeão em 1997, afirma ser difícil ter temporada em meio a incertezas da pandemia

O mundo todo vive uma incerteza devido a pandemia do novo coronavírus. Dessa forma ninguém sabe quando as competições esportivas voltarão ao normal. Um dos esportes que vive essa incerteza é a Fórmula 1.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Jacques Villeneuve, campeão em 1997, falou sobre essa incerteza pela qual o mundo passada e acredita que não haverá como realizada a temporada 2020. O canadense, pensa que as coisas podem se normalizar só a partir de setembro:

“Seria uma pena começar a chegar a agosto e, em seguida, realizar corridas pouco a pouco, de setembro até o Natal ou mesmo até janeiro de 2021, somente para termos um campeonato, seja qual seja o preço”.

E foi enfático ao afirmar: “Talvez deveríamos ter a inteligência de dizer: ‘não haverá campeonato'”, disse o ex-piloto em entrevista a TV francesa Canal+. Ele ainda defende que as etapas que forem disputadas não façam parte do campeonato:

“Deveríamos decidir competir e que cada corrida seja um evento único, como as 500 Milhas de Indian´polis ou as 24 Horas de Le Mans. Cada GP seria como um Grand Slam no lugar de ter meio campeonato”.

Villeneuve não vê soluções a curto prazo: “Em qualquer caso, teríamos de esperar ao menos um mês para a reabertura. Então, o primeiro GP do calendário deveria ser em setembro. Depois, imagino que as diversas organizações e os donos da F1 vão querer realizar todas as corridas possíveis para conseguir respeitar o contrato mínimo, mas isso seria um erro”.

LEIA MAIS:

VALENTINO ROSSI AFIRMA LEVAR AS RIVALIDADES PARA O LADO PESSOAL

Leia mais:

Sair da versão mobile