Ícone do site Torcedores – Notícias Esportivas

Jornalista elege técnico ideal para o Cruzeiro: ‘Era o que eu faria fosse o Ronaldo’

Cruzeiro técnico

Reproducao/Twitter

Após Mattos, Luxemburgo pode ser o próximo a deixar o Cruzeiro

O Cruzeiro de Ronaldo promete grandes mudanças no departamento de futebol para a próxima temporada. Alexandre Mattos, que seria o diretor executivo, não está nos planos do ‘Fenômeno’ e acabou sendo demitido no início da semana. Paulo André, que ocupa o mesmo cargo no Real Valladolid, da Espanha, é o provável substituto.

No comando técnico da equipe celeste, Vanderlei Luxemburgo não tem presença garantida para 2022. Ele, assim como toda a estrutura do futebol do Cruzeiro estão sob avaliação. Durante o 98 Esportes, da Rádio 98FM, o jornalista Heverton Guimarães palpitou sobre o nome ideal para dirigir a Raposa.

“Eu traria o Mano [Menezez]. Se eu sou o Ronaldo contrataria o Mano.

No mercado, Mano Menezes está livre desde sua última experiência no Al-Nassr, da Arábia Saudita. O gaúcho esteve a frente da equipe em 16 partidas, contando com nove vitórias, quatro empates e três derrotas. Ele caiu após a derrota por 3 a 1 pelo Al-Ittihad.

Mano foi contratado pela equipe da Arábia Saudita no começo de abril. Esse foi seu primeiro trabalho desde quando deixou o Bahia, em 2020.

Histórico de Mano Menezes no Cruzeiro

Mano foi um dos treinadores com passagem mais vitoriosa pelo clube mineiro. Em Belo Horizonte, conquistou duas Copas do Brasil (2017 e 2018) e dois Campeonatos Mineiros (2018 e 2019). Entretanto, a sequência ruim, com apenas uma vitória em 18 jogos, provocou a sua saída, em 2019.

Foram 235 jogos do Cruzeiro na “era Mano Menezes”, contando as duas passagens (a primeira em 2015 e a segunda desde julho de 2016), sendo que em 16 jogos o auxiliar Sidnei Lobo comandou o time à beira do gramado. Foram 112 vitórias, 69 empates e 54 derrotas, com 56,7% de aproveitamento.

LEIA TAMBÉM:

Leia mais:

Sair da versão mobile