Ícone do site Torcedores – Notícias Esportivas

Atlético-MG: Jornalista revela condições que podem definir saída de Igor Rabello

Atlético Igor Rabello

Divulgacao/Atlético

Pouco utilizado no Atlético, Rabello pode deixar o clube em julho

O Atlético pode perder Igor Rabello no meio da temporada. Com o contrato terminando em dezembro, o zagueiro de 27 anos  tem o futuro ainda indefinido no Galo. Apesar do interesse pela renovação, a direção do clube mineiro ainda não chegou a um acordo pela sua permanência. Por outro lado, há a possibilidade do jogador partir para o São Paulo.

Antes do fechamento da janela, o São Paulo abriu negociações com os representantes de Igor Rabello. O acerto parecia já encaminhado, mas o tempo curto impediu o martelo de ser batido. Apesar disso, as conversas seguiram e, ao que tudo indica, há um acordo apalavrado entre as partes, restando agora um acerto com o Atlético.

Segundo o jornalista Arnaldo Ribeiro, há algumas condições que podem selar a contratação de Rabello junto ao São Paulo. “O Igor Rabello está apalavrado. Se ele não estourar o limite de jogos no Brasileiro, se ninguém se machucar na zaga do Atlético, se não mudar as condições até julho, possivelmente possa ser reforço do São Paulo”, disse Arnaldo em seu canal no YouTube.

Uma eventual oferta do exterior é outra situação que poderia inviabilizar a ida de Rabello ao Tricolor.

Estafe de Rabello vê ciclo perto do fim

Sob a condição de anonimato, um membro do estafe do zagueiro contou a Jorge Nicola que o mesmo deve deixar o Atlético. Para ele, esta decisão será melhor para ambas as partes, uma vez que o atleta é considerado hoje quarta ou quinta opção no elenco e praticamente não tem sido utilizado.

“A verdade é que o ciclo do Igor no Galo está chegando ao fim. E será melhor para todo mundo. O Igor é hoje o quarto ou quinto zagueiro do elenco. Então, qual a lógica de renovar? Não fica bom para nenhum dos lados”, acrescenta.

A última partida de Igor Rabello foi no dia 20 de abril, quando o Galo bateu o Brasiliense por 3 a 0, pela Copa do Brasil. Na ocasião, Turco utilizou uma formação quase toda reserva. Além de Rabello, Réver tem situação também indefinida. Junior Alonso está emprestado até dezembro e não ficará para 2023.

– Temos hoje cinco zagueiros, sendo que não temos controle de como será a situação do Alonso, situação do Godín, que encerra, o Réver a gente controla, o Nathan é um jogador visto pelo mundo inteiro. Temos que estar atentos a esse setor da equipe. Mas não é para esse ano – disse o dirigente.

Leia mais:

Sair da versão mobile