Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

O dia em que o Golden State Warriors quase não terminou um jogo por falta de jogadores

Equipe hoje formada por super astros do basquete já passou apuros no passado e quase não conseguiu terminar o último jogo da temporada 2009-2010 devido a falta de jogadores.

Rafael Bueno
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução NBA

Nos últimos anos o Golden State Warriors vem dominando a NBA com um time recheado de estrelas, que é completamente dominante dentro de quadra. Não atoa a equipe chegou as últimas quatro finais, tendo ganhado 3 delas, além ter conseguido o maior número de vitórias da história da NBA em uma temporada.

A chegada de Durant e Cousins fez com que o time de Oakland ganhasse o apelido de “panelinha”,  devido o fato de reunir tantos craques, porém poucos sabem que o atual bi campeão seguido da NBA vivenciou uma situação um tanto complicada no final da temporada 2009-2010.

No último dia da temporada, Warriors e Trail Blazers se enfrentariam em Portland para finalizar suas campanhas naquele ano. A equipe da casa, já classificada aos playoffs (6º) decidiu poupar muitos de seus atletas pensando na próxima fase.

Por outro lado, os Warriors já sem chance de classificação, chegou para o jogo com apenas oito jogadores vestidos, sendo que dois estavam vetados pelos preparadores físicos ainda no aquecimento por conta de lesões, ou seja, o Golden State tinha apenas 6 jogadores aptos para jogar a partida.

Quando a bola subiu logo no primeiro quarto, o pivô dos Warriors, Chris Hunter, sentiu uma lesão no joelho e teve que deixar o jogo. A partir disto a equipe dos Warriors tinha exatamente 5 jogadores para jogar até o final do jogo. A grande aposta da equipe de Okland era um calouro chamado Stephan Curry, que mesmo no primeiro ano era o grande destaque daquele time.

A partida foi rolando normalmente (com a pegada de um último jogo de temporada regular, é claro), mas a situação veio a ficar bizarra de vez, quando no fim do último quarto o ala Devean George dos Warriors cometeu sua sexta falta e foi eliminado do jogo. Sem nenhum atleta apto a jogar no banco os “Guerreiros” jogariam com 4 jogadores certo? Não! Os árbitros obrigaram os jogadores lesionados a entrarem em quadra, já que eles estavam vestindo uniformes.

O então técnico da equipe foi a loucura com a decisão tomada pelos árbitros, mas nada adiantou e Anthony Morrow e Ronny Turiaf tiveram que participar do jogo mesmo que mal conseguissem se movimentar.

Mesmo contra todas as possibilidades, o Golden State Warriors conseguiu sair daquela noite como uma vitória memorável vencendo o jogo por 122×116, com uma atuação de gala do “menino Curry” que anotou 46 pontos, 8 assistências e 9 rebotes, tendo jogado todos os 48 minutos de partida.

Obs: 9 anos depois o Golden State Warriors costuma começar seus jogos com Steph Curry, Klay Thompson, Kevin Durant, Draymond Green e Demarcus Cousins. Nada como um dia após o outro.