NFL: Jay-Z fecha acordo com a liga e coordenará os shows do Super Bowl

Após criticas direcionadas a NFL por conta de racismo, o rapper será o responsável pela organização do show do halftime durante o Super Bowl

Rodrigo Nascimento
Colaborador do Torcedores

Crédito: Instagram Oficial de Jay-Z

Depois de ter se envolvido em algumas polêmicas com a NFL sobre alguns casos  envolvendo racismo, o rapper Jay-Z e sua gravadora, a Roc Nation, fecharam um acordo com a liga de futebol americano.

De acordo com a Variety, Jay-Z e a Roc Nation coordenarão os shows que são realizados durante o intervalo do Super Bowl, o famoso Pepsi Half Time. O rapper também ajudará a liga na campanha de ativismo social, que foi lançada após a polêmica com o atleta Colin Kaepernick.

“A NFL tem uma enorme plataforma, e ela precisa ser inclusiva. Eles estavam dispostos a aceitar algumas de nossas exigências, fazer algumas mudanças, para que a gente consiga fazer algo bom juntos”, disse Jay-Z através de um comunicado oficial

Inclusive, Jay-Z tomou partido por Kaepernick e criticou a NFL por conta do tratamento que o atleta recebeu por parte dos times da liga, após o ato de se ajoelhar durante a execução do hino nacional dos EUA durante os jogos, como forma de protesto a favor da igualdade racial.

“Não queremos que todo mundo simplesmente concorde conosco. Queremos pessoas que nos digam como ser melhores”, declarou Roger Doodell, chefe da NFL, ao New York Times.

A pré temporada da NFL 2019 teve inicio na semana passada.