Conheça o Estádio Monumental “U”, o palco da final da Libertadores da América

Casa do Club Universitário de Deportes tem capacidade para 80 mil pessoas; Monumental “U” foi escolhido para substituir o Estádio Nacional do Chile como sede da final da Libertadores

Luiz Ferreira
Produtor executivo da equipe de esportes da Rádio Nacional do Rio de Janeiro, jornalista e radialista formado pela ECO/UFRJ, operador de áudio, sonoplasta e grande amante de esportes, Rock and Roll e um belo papo de boteco.

Crédito: Reprodução / Facebook / Estadio Monumental U

Escolhido pela Conmebol como o palco da decisão da Copa Libertadores da América de 2019 por conta dos problemas no Chile, o Estádio Monumental “U” é o estádio principal do Club Universitario de Desportes e fica localizado no distrito de Ate, em Lima, no Peru. Com capacidade para mais de 80 mil pessoas, o Monumental levou nove anos para ser construído e foi inaugurado oficialmente no dia 2 de julho de 2000 com um jogo entre o Universitario e o Sporting Cristal válido pelo Campeonato Peruano e também é usado com frequência pela Seleção Peruana.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O Estádio Monumental “U” fica localizado na Avenida Prolongación Javier Prado Este. O “Colosso de Ate” tem capacidade para receber até 80.093 espectadores e todo o complexo esportivo cobre uma área de mais de 186 mil metros quadrados, incluindo três campos: o do estádio e mais dois espaços para treinamento. O Monumental “U” é dividido em duas seções principais. A primeira é uma seção inferior dirigida para o público em geral e dividida em quatro setores conhecidos como Norte, Sur, Oriente e Occidente (norte, sul, leste e oeste, respectivamente) e capacidade para 59.177 espectadores. E a segunda é a seção superior, que consiste em suítes de luxo (1250 no total) e capacidade para 20.916 espectadores. Esses números colocam o Monumental “U” como o maior estádio da América do Sul.

O campo fica a 18 metros abaixo do nível do solo. Vale destacar que o estádio foi construído levando-se em consideração as normas e especificações técnicas da FIFA para a realização das partidas da Copa do Mundo. Além disso, o Monumental “U” substituiu o antigo Estádio Teodoro “Lolo” Fernández. Inaugurado em 1952, o local homenageava Teodoro Fernández Meyzán, ex-atacante do Universitario e considerado um dos maiores jogadores da história do Peru (junto com Teófilo Cubillas). “Lolo” Fernánddez levou a seleção do seu país às quartas de final do torneio de futebol dos Jogos Olímpicos de 1936, em Berlim, e conquistou a Copa América em 1939. Hoje, o antigo estádio é usado apenas como sede social do clube e centro de treinamento. “Lolo” Fernández ganhou uma estátua em sua homenagem na entrada do Monumental “U”.

Curiosamente, apesar de ter sido inaugurado no dia 2 de julho de 2000, o estádio só recebeu uma partida entre Universitario e Alianza Lima (talvez o maior clássico do Peru) no dia 26 de junho de 2002. Essa data marcou o jogo de ida da final do Torneio Apertura daquele ano e o Universitario venceu o Alianza Lima por um a zero. No entanto, as duas torcidas brigaram dentro e fora do estádio, fato que levou as autoridades a proibirem a disputa do “derby” no Monumental “U” por seis anos. Somente em 14 de setembro de 2008 é que as duas equipes voltaram a jogar no estádio. Desta vez, a partida foi realizada sem problemas de segurança ou violência e outros clássicos puderam ser disputados no local.

Quem também manda seus jogos no Monumental é a Seleção Peruana. A primeira partida disputada no local aconteceu no dia 2 de junho de 2001 contra o Equador nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2002. O Peru acabou perdendo o jogo por dois a um. Curiosamente, o Monumental “U” não foi uma das sedes da Copa América de 2004 (realizada no Peru) por conta de desentendimentos entre o Universitario e os organizadores da competição continental. A Seleção Brasileira disputou duas partidas no local. Foram dois empates em um a um. O primeiro aconteceu no dia 16 de novembro de 2003, em jogo válido pelas Eliminatórias para a Copa de 2006, e o segundo também aconteceu pelas Eliminatórias de uma Copa, mas desta vez foi a de 2010, no dia 18 de novembro de 2007. Ao todo, a Seleção Peruana disputou 16 partidas no Monumental “U”, com quatro vitórias, sete empates e cinco derrotas.

Como todo grande estádio da América do Sul, o Monumental também recebeu grandes nomes da música internacional ao longo dos seus 19 anos de existência. Estrelas da música pop como Beyoncé, Brutney Spears, Miley Cyrus, Maroon 5 e lendas do rock como os Rolling Stones, Paul MacCartney, Guns and Roses e Roger Waters cantaram seus sucessos no estádio que servirá de palco para a final da Copa Libertadores da América. Já fez a sua aposta? Quem será o campeão de 2019? O Flamengo ou o River Plate?

LEIA MAIS:

Conmebol mantém data, mas muda local da final da Libertadores para o Peru

O que o torcedor que se sentir prejudicado deve fazer caso a Conmebol mude o local da final da Libertadores? Especialista explica