Apresentado no Atlético-MG, Maílton fala em seleção: “É uma meta que tenho”

Acertado desde dezembro, Maílton foi apresentado no Atlético-MG nesta terça-feira

Matheus Expedito
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero. 22 anos. Amante do esporte bem jogado e admirador de boas histórias.

Crédito: Reprodução / Site oficial Atlético-MG

O Atlético-MG apresentou mais um reforço para a temporada na tarde desta terça-feira. Trata-se do lateral-direito Maílton, que foi comprado pelo Galo junto ao Mirassol. Ele foi destaque da última Série B do Brasileirão com a camisa do Operário-PR. Com apenas 21 anos de idade, o defensor se mostrou animado com a oportunidade e exaltou o clube mineiro.

Você pode ganhar uma camisa comemorativa exclusiva! Abra a sua conta meu BMG Galo!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Foi uma escolha muito bem feita por mim e por meus empresários. Desde que as negociações começaram, deixei bem claro minha vontade de estar aqui. Estou dividindo vestiário com grandes nomes do futebol e para mim é uma honra. Não pensei duas vezes, sempre deixei claro minha vontade. Tive outros convites, mas optei pelo Atlético pelo projeto apresentado”, explicou o lateral-direito.

Agora oficializado como atleticano, Maílton terá superar a concorrência do experiente Patric e do também jovem Guga. Ele iniciou a trajetória nas categorias de base do Palmeiras, onde permaneceu até 2018. Após a passagem pelo gigante paulista, o lateral firmou contrato com o Mirassol, que o emprestou ao Operário após a disputa do campeonato estadual no ano passado.

O próximo objetivo do reforço atleticano é chegar à Seleção Brasileira, trilhando o caminho de Emerson e Guga. “Seria uma honra para mim traçar as mesmas metas e objetivos. Chegar à seleção é uma meta que tenho. Espero chegar jogando pelo Atlético-MG. Quero ter essa oportunidade como eles estão tendo”, completou Maílton.

Além disso, o jovem explicou suas características dentro de campo. “Sou um lateral mais ofensivo, tenho muita facilidade de chegar na linha de fundo, mas também não deixo a desejar na parte de trás. Sou lateral que marca bem. Para mim, vai ser bom subir ao ataque tendo essa característica como principal e também defender, ajudando os companheiros”, explanou.

LEIA MAIS: