Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Dominic Thiem Disputa Sua Terceira Final de Grand Slam

Dominic Thiem, aos 26 anos acaba de fazer uma das melhores partidas de sua vida, uma vitória espetacular que lhe rendeu um lugar na final do Australian Open 2020, sua terceira final de Grand Slam.

Drielli Afonso
Colaborador do Torcedores

Com o box recheado de grandes incentivadores, dentre os quais, sua mãe e fiel companheira, Karin Thiem, seu irmão, também tenista, Moritz Thiem, seu técnico, o ex-tenista chileno Nicolás Massú (que o acompanha desde a temporada de saibro de 2019, e grande responsável pelo altíssimo desempenho do austríaco no último ano), e o mais recente integrante da equipe, o ex número 1 do mundo, o austríaco Thomas Muster, que chegou apenas há algumas semanas. Uma curiosidade sobre a mãe dele é que ela costuma fazer uma tatuagem para cada título conquistado pelo filho, e o tema do desenho faz sempre uma referência ao local palco da vitória. Caso vença seu primeiro Grand Slam no domingo, ela promete fazer uma tatuagem de canguru.

O adversário desta semifinal foi o também jovem, Alexander Zverev, que inclusive debutava em semifinais de Grand Slams. Em comum, os tenistas têm a juventude, o título de promessas da nova geração e a frustração de ainda não terem levantado um troféu de Grand Slam. Após vencer o alemão em 4 sets, o último com um tiebreak, Thiem cedeu a usual entrevista ainda em quadra, elogiando muito o alemão e enfatizando que é apenas uma questão de tempo até Sascha realizar sua primeira final de Grand Slam, afirmando também que o resultado poderia ter sido favorável para ambos, foi decidido apenas nos detalhes.

Existe uma outra similaridade entre as duas personalidades. Zevrev prometeu doar toda a sua premiação obtida no torneio para instituições que atuam na causa dos incêncios da Australia. Thiem, por outro lado, é defensor do meio ambiente, um dos embaixadores de uma ONG chamada “4 Ocean”. Em entrevista, ele falou do seu engajamento: “Tento ajudar a melhorar o mundo, por exemplo, com doações para o WWF e o 4ocean. Também tento usar minha popularidade para convencer as pessoas de quão importantes são essas questões. Esses tópicos precisam ser abordados.  Afinal, é sobre o futuro do nosso planeta ”, disse Dominic Thiem. O tenista também usa equipamentos de tênis “Adidas Parley”. A linha Parley Ocean Plastic da Adidas é criada a partir de resíduos plásticos marinhos reciclados que foram coletados em praias.

O caminho trilhado por Thiem até chegar a final do “Happy Slam”, como é chamado o torneio, foi bem intensa: Alex Bolt, Taylor Fritz, Gael Monfils, Rafael Nadal e Alexander Zverev. Para realizar o maior feito de sua carreira, o austríaco terá que bater o número 2 do mundo e atual campeão do Australian Open, o servo Novak Djokovic. O favoritismo do servo não é tão grande assim. De 10 partidas, Thiem venceu 4, contra 6 de Djokovic.