Torcedores – Notícias Esportivas

Ex-atleta da Juventus é condenado à prisão por associação mafiosa

A sentença proferida pelo Tribunal de Palermo confirmou a decisão prolatada em primeira instância contra o ex-jogador italiano

Robson Santos
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Tullio Puglia/Getty Images)

Nesta quarta-feira (08), o ex-jogador italiano Fabrizio Miccoli foi condenado a três anos e seis meses de prisão, por extorsão agravada de associação mafiosa. A sentença que confirmou a decisão da primeira instância, foi proferida pelo Tribunal de Palermo, presidida Massimo Corleo.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

A princípio, Miccoli é acusado de ter pedido auxílio a Mauro Lauricella, filho de um dos chefes da máfia de Kalsa, para recuperar uma quantia de 20 mil euros. O dinheiro teria sido de um investimento feito por um ex-fisioterapeuta do Palermo em uma casa noturna. Do mesmo modo, a decisão ainda aponta que o ex-jogador teria utilizado de métodos violentos para alcançar o objetivo.

Em suma, Miccoli teve passagens importantes pelo Benfica (2005/2006 e 2006/2007) e Palermo (2007/2008 e 2012/2013), este último o italiano atuou 179 jogos e balançou as redes 81 vezes. Além disso, o ex-jogador também acumulou passagens por Juventus, Fiorentina, Lecce e Birkirkara, clube onde pendurou as chuteiras.

Leia mais:

Dybala negocia renovação com a Juventus e pode ser um dos jogadores mais bem pagos do mundo