Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Jesualdo exalta estrutura do Santos e vê imprensa no Brasil “bem mais agressiva do que em Portugal”

Jesualdo Ferreira estreou uma coluna no jornal português “O Jogo” neste final de semana e falou sobre seus primeiros dias de trabalho no Brasil com o Santos

Danielle Barbosa
Jornalista. Escrevendo para o Torcedores desde 2014.

Crédito: Ivan Storti/Santos FC

O técnico Jesualdo Ferreira, que recentemente assumiu o cargo no Santos, estreou neste domingo (12) uma coluna no jornal português “O Jogo” e, logo em sua primeira publicação, falou sobre seu início de trabalho no Brasil. O experiente treinador não perdeu a oportunidade de exaltar a estrutura do Peixe, mas também aproveitou para falar sobre a postura da imprensa brasileira.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Foi com imenso orgulho que ouvi o convite, foi com enorme orgulho que o aceitei, e ao aceitá-lo entrei num dos grandes desafios da minha carreira, não o maior, porque para trás tive outros igualmente grandes”, diz Jesualdo em um dos trechos. “No próximo dia 23, iniciaremos a competição a sério, com o primeiro jogo para o Paulistão, o campeonato estadual que é muito importante”, acrescentou.

“Verifico realmente que estou numa extraordinária estrutura, onde não me falta nada. Excelentes condições de trabalho, boas pessoas, bons profissionais em todas as áreas. Eu sei que este texto pode parecer um exagero pelo rol de elogios, mas acreditem que vim encontrar exatamente aquilo que imaginava deste clube: uma excelente organização”, avaliou o treinador que fez história sob o comando do Porto.

Apesar da crítica inicial, Jesualdo também destacou a simpatia da imprensa brasileira. “O primeiro embate aqui foi com a imprensa, que é bem mais agressiva do que em Portugal. Mas julgo que me saí bem, respondendo a todas as perguntas. A imprensa é agressiva, mas é, ao mesmo tempo, muito simpática.”

“Aliás, simpatia e carinho é coisa que encontramos aqui, basta dar uma volta pelas ruas de Santos e somos saudados pelos adeptos (torcedores) deste grande clube, com quem naturalmente contamos para nos ajudar nesta difícil tarefa”, completou.

LEIA MAIS:
Sasha comemora dois anos no Santos: “Um orgulho que nem todos podem ter”

As melhores notícias de esportes, direto para você