Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Empresário revela ‘cartilha’ para Janderson crescer no Corinthians e admite: “Já começou a entrar no radar de clubes do exterior”

Janderson tem contrato com o Corinthians até dezembro de 2023, e o clube é dono de 70% dos direitos econômicos do jogador

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Uma das principais apostas do Corinthians, o atacante Janderson tem conquistado espaço no time profissional e titular, principalmente em 2020, sob o comando de Tiago Nunes, mas segundo o empresário do jogador, Cesar Bottega, ele ainda precisa melhorar o rendimento e tem uma espécie de “cartilha” com o objetivo bater metas e crescer como jogador dentro do clube do Parque São Jorge.

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Em entrevista ao Globoesporte.com, Bottega falou sobre as medidas adotadas por Janderson para aumentar seu rendimento. “Queremos aumentar os números de gols e assistências dele, para que consiga ser um protagonista dentro do Corinthians. Janderson é um jogador que já começou a entrar no radar de clubes do exterior. Claro que ainda precisa melhorar algumas coisas, então traçamos um planejamento de carreira para que ele adeque o seu estilo de vida para a alta performance do esporte”.

“Tenho um protocolo com ele, toda a rotina planejada: o horário de acordar e de dormir, de tomar café, de jantar quando não está no clube, o que vai comer, isso tudo acertado com a nutricionista do clube. Trouxemos da Bahia a avó e um casal de tios para morar junto dele. São eles que executam essa parte”, acrescentou.

Lançado no time profissional na temporada passada, ao 21 anos, Janderson acumula 32 partidas e três gols pelo Corinthians. Em 2020 são nove jogos – sete partidas como titular -, um gol e de três assistências.

De acordo com o empresário do atacante, além dos aspectos físicos e fisiológicos, Janderson ainda precisa cuidar da parte mental, por isso, semanalmente o jogador tem sessões via FaceTime com uma profissional certificada em psicologia de alta performance para atletas.

“O Corinthians já oferece a ele toda a parte física, então buscamos melhorar a vida dele fora do clube. Esse trabalho com psicóloga é para aumentar a concentração e o controle emocional, para não sentir a pressão de um jogo importante. O jogador europeu costuma ter esses cuidados para aumentar a sua performance e prolongar o alto nível. Mostramos a ele exemplos de atletas que foram fenômenos, mas que não conseguiram se manter pela falta de cuidados. Ele tem mostrado muita disciplina”, completou Cesar Bottega.

LEIA MAIS:
Fabio Sormani crítica entrada de Fagner e desafia presidente do TJD-SP: “Vai compactuar com esse crime?”