Klopp nega favoritismo do Liverpool na Liga dos Campeões

Atual campeão da competição, o Liverpool de Klopp enfrenta o Atlético de Madrid nas oitavas 

Jeferson Macedo
Colaborador do Torcedores.com.

Foto: Divulgação/ Liverpool

Tirando o protagonismo de seu time, Jurgen Klopp, treinador do Liverpool, admitiu que os reds não são os favoritos para conquistar da Liga dos Campeões.

 

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

Klopp também admitiu qua a sua qlequipe favorita para esta temporada era a Juventus.

“A Juventus era a minha favorita antes do início da época, mas é claro que não vejo futebol italiano o suficiente para não entender porque não estão 10 pontos à frente na liderança da Serie A”, disse p treinador.

DAZN agora custa menos de R$1,00 por dia e o primeiro mês é grátis! Assine já!

Ainda sobre a gigante Italiana,Klopp, em entrevista ao The Guardian, destacou a qualidade do plantel da Juve: “Eles têm a melhor equipa que já vi na minha vida, com jogadores de qualidade, é incrível.”

Porém, o treinador não falou só sobre a Juventus, outros clubes que ainda disputam a Liga dos Campeões, estiveram na fala de Klopp.

“A equipa do Bayern Munique também é impressionante, o PSG é incrível quando os jogadores estão bem fisicamente. Não podemos deixar de parte o Barcelona nem esquecer o Manchester City, pois a Liga dos Campeões é o seu principal objetivo”, disse.

Parando de analisar outras equipes, Klopp disse que o foco, por enquanto é o Atlético de Madri.

“Não faço a mínima ideia de quão longe iremos, mas não há necessidade de pensar já nisso, pois neste momento temos de nos focar apenas no Atlético [Madrid] na terça-feira”, afirmou.

Atual campeão da competição, o Liverpool fez ótima campanha na temporada passada, e Klopp sabe disso, porém, o treinador mantém os pés no chão.

“Não sei se vamos vencer a Liga dos Campeões novamente, mas temos de estar preparados para tudo. O que eu sei e o que mostrámos no ano passado é que conseguimos vencer os melhores. Isto não significa que o vamos fazer, mas que o conseguimos fazer, e isso é tudo o que eu preciso de saber”, concluiu Klopp.