Nenê aponta Neymar como melhor jogador do mundo na atualidade e brinca: “Eu que ensinei a chapada para ele”

Nenê contou como conheceu Neymar pessoalmente e também aproveitou para destacar o atual momento do amigo

Danielle Barbosa
Colaborador do Torcedores

Crédito: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C

O atacante Nenê, um dos destaques do Fluminense neste início de temporada, é amigo pessoal de Neymar, jogador do PSG e da seleção brasileira, e em entrevista ao Alê Oliveira Responde, do canal De Sola, o camisa 77 do Tricolor das Laranjeiras elegeu o ‘parça’ como o melhor jogador do mundo na atualidade, acima de nomes como Messi e Cristiano Ronaldo.

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Agora, eu acho que o Neymar está acima. Para mim, já no último ano do Barcelona (2016/2017), para mim, ele já foi melhor que o Messi. Se continuar no nível que está agora, conseguir conquistar a Champions League…. Torço para que seja ele. Hoje, no momento, (o melhor) está sendo ele”, opinou Nenê, que ainda contou como conheceu o atacante pessoalmente.

DAZN agora custa menos de R$1,00 por dia e o primeiro mês é grátis! Assine já!

“Começou em Barcelona, quando eu fui convidado para organizar um jogo beneficente com o Neymar na minha cidade, em Jundiaí, onde eu nasci. Eu ainda não o conhecia pessoalmente. Quando eu jogava no Santos ele já estava na base, mas nunca nos encontramos, e depois quando ele começou a jogar (no profissional) eu já estava na Europa”, disse o jogador do Fluminense, relembrando ainda como Neymar foi receptivo e humilde ao recebê-lo e topar o convite para a partida festiva.

Acostumado com a resenha, o camisa 77 aproveitou para brincar com Neymar. “Eu que ensinei a chapada para o Neymar. (…) O Falcão aprendeu comigo a jogar futsal”, revelou.

Nenê, que também vestiu a camisa 10 do PSG, assim como Neymar, respondeu ainda sobre quem seria o maior 10 da história do clube parisiense. “Vou ficar entre o Raí e o Ibrahimovic, só que o Ibra ganhou mais títulos, então eu vou escolher ele. E o Neymar pode ser ainda um (dos grandes camisas 10), até porque ele ainda está ele, e ainda pode conquistar (tudo). Ele (Neymar) ainda está jogando, então não acho que não vale colocar ele, mas se valesse, eu o colocaria não só como o melhor 10, mas como o maior jogador da história do clube”.

CONFIRA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

LEIA MAIS:
Ex-dirigente do Barcelona revela choro de Neymar para retornar ao clube e avalia chance de volta: “Teria que pedir perdão”