Palmeiras é punido em quase R$ 170 mil por Festa Junina de 2017

A punição ocorreu pela falta de informações de alvarás da festa

Marylha Maieru
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Marylha Maieru Festa Junina de 2018 nas dependências do Clube Social do Palmeiras.

Segundo o site UOL Esporte, o Palmeiras foi condenado a pagar R$ 169.422,76 ao Procon-SP (Proteção e Defesa do Consumidor). A Coluna Primeira Mão teve acesso ao processo apelativo negado e nele mostra que o time alviverde infringiu a regulamentação por não ter informações sobre os alvarás de funcionamento e prevenção contra incêndio na Festa Junina de 2017.

O clube não se pronunciou até o fechamento da matéria.