Robert Kubica surpreende nos testes e lidera em atividades de Barcelona

Piloto reserva da Alfa Romeo se destacou com conjunto de pneus utilizados mais macios da categoria

Brendo Romano
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial Williams

Nesta quarta-feira (26), a equipe Alfa Romeo chamou a atenção nos testes em Barcelona, na Espanha. Sob comando de Robert Kubica, a equipe liderou o quarto dia de testes da pré-temporada. O piloto ainda contou com uma torcida organizada no Circuito de Barcelona.

O polonês utilizou os pneus mais macios da gama (o C5). Além disso, seu carro estava com pouco combustível no tanque. O resultado? O piloto cravou o tempo de 1m16s942 e a liderança da tabela de tempos da Fórmula 1 até o momento. As informações são do GloboEsporte.com.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Siga o Torcedores também no Instagram

Em 2019, Kubica retornou à categoria após grave acidente que quase encerrou sua carreira nas pistas. A Alfa Romeo já havia liderado outra sessão de testes, no segundo dia com Kimmi Raikkonen. Quem perseguiu de perto Robert foi Max Verstappen, da Red Bull Racing, na segunda posição. Em terceiro, ficou Pérez, com a Racing Point que mostrou bom desempenho nas pistas.

Ainda completaram o pódio Daniil Kvyat, da Alpha Tauri, em quarto, e seu companheiro de equipe, Pierre Gasly, em quinto. Outro que se destacou foi Alexander Albon, o piloto teve problemas com a suspensão e só saiu dos boxes na parte da tarde. Porém, desbancou Ferrari e Mercedes, para ficar com a sexta colocação.

Além de Kubica: Ferrari e Mercedes ficam para trás nos treinos de pré-temporada

A briga entre alemães e italianos, quem levou a melhor foi a Mercedes. Que conquistou a sétima posição do dia, com Lewis Hamilton. A melhor colocação da equipe de Maranello foi à décima posição com Sebastian Vettel.

Já seu companheiro de equipe, Charles Leclerc conquistou a 13° posição. A Mercedes foi o time que mais completou voltas, foram 179 giros em Barcelona, seguida pela Ferrari, com 164.

LEIA MAIS: 

Ferrari muda estratégia e “esconde o jogo” durante a pré-temporada