Série A do Brasileirão foi a segunda liga que mais arrecadou na última janela de transferências; veja números

Reinier, do Flamengo, e Bruno Guimarães, do Athletico Paranaense, somaram 50 milhões de euros

Matheus Leal
Setorista e editor-assistente do Torcedores.com

Crédito: Reprodução/CBF

A janela de transferência das principais ligas, também chamada de janela de inverno por ser a estação da época na Europa, se encerrou no último dia 31. Entre vendas e contratações, a Série A do Brasileirão se destacou nos dois quesitos. Porém, em arrecadação, o Brasil quase liderou.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

A Série A do Brasileirão ficou atrás apenas da Itália em arrecadação na última janela de transferências. Ao todo, o Brasil faturou 120 milhões de euros. Os destaques foram as vendas de Reinier e Bruno Guimarães, feitas por Flamengo e Athletico Paranaense, respectivamente. O primeiro foi contratado pelo Real Madrid por 30 milhões de euros. Já o segundo foi vendido ao Lyon por 20 milhões de euros.

Vale levar em consideração, porém, que o levantamento feito pelo Transfermarkt inclui os valores das transações internas. Ou seja, os 7,5 milhões de euros pagos pelo Flamengo ao Goiás também foram contabilizados. Assim como Léo Pereira, Luan, Artur e outros.

VEJA AS LIGAS QUE MAIS ARRECADARAM COM TRANSFERÊNCIAS NA ÚLTIMA JANELA:

1º Série A Italiana – 179,98 milhões de euros

2º Série A Brasileirão – 119,97 milhões de euros

3º La Liga – 103,80 milhões de euros

4º Liga NOS Portugal – 102,65 milhões de euros

5º Bundesliga – 87,5 milhões de euros

6º Ligue 1 – 76,55 milhões de euros

7º Championship Inglesa – 54,38 milhões de euros

8º Premier League – 54,15 milhões de euros

9º Jupiler Pro League (Bélgica) – 54,1 milhões de euros

10º Liga MX México – 48,26 milhões de euros

LEIA MAIS

CBF faz reajuste e Copa do Brasil terá premiação ainda maior em 2020; veja valores

Rede Globo x TNT: veja como ficará a divisão de TV no Brasileirão 2020