Atacante é 52º jogador do Corinthians ligado à Elenko Sports; empresa rechaça envolvimento político no clube

Contestado, o atacante, Matheus Davó é o 52º atleta contratado pelo Corinthians ligado à Elenko Sports ou seus representantes nos últimos 10 anos.

Vinicius Fernandes Ribeiro
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Arte publicada pela Elenko Sports, na época do título paulista de 2019, com alguns jogadores da empresa

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Siga o Torcedores também no Instagram

Contratado no fim do ano passado, o atacante contratado junto ao Guarani, pode não permanecer no elenco profissional alvinegro para 2020. A notícia foi apurada pela equipe do Meu Timão. Independente da situação, o jovem entrou na lista de outros 51 jogadores contratados pelo SCCP nos útimos 10 anos: A Elenko Sports.

A empresa é especializada em intermediação e representação de atletas e clubes. E o atacante, já é o 52° do Corinthians ligado à Elenko Sports e/ou seus proprietários nessa última década. Os agentes Fernando Garcia (ex-conselheiro), Guilherme Miranda e Léo Cornacini são os responsáveis pelas negociações.

Nos últimos anos, outros jogadores não renderam o esperado vestindo a camisa do Corinthians. Dentre eles, Gustavo Mosquito, Matheus Jesus, Thiaguinho, Bruno Xavier e Sornoza são alguns nomes ligados à empresa, mas que não renderam o esperado no clube. Atualmente, nenhum deles faz parte do elenco.

O alvinegro saiu em defesa do seu jovem (20 anos) alegando que é necessário um tempo de adaptação e entendimento do que é jogar em um clube como o Corinthians. Outros jovens que vieram na mesma condição e vingaram, foram lembrados como argumento de defesa ao atacante.

Segundo a reportagem do Meu Timão, o clube afirmou não ter nenhuma parceria formalizada com nenhuma empresa do gênero, e esclareceu que tratam-se de oportunidades de mercado e, por fim, lembrou que muitos jogadores sob contrato pertencem a outras empresas e empresários.

Nos últimos 10 anos, o Corinthians foi comandado por três presidentes: Andrés Sanchez (2), Mário Gobbi e Roberto de Andrade. Todos do grupo Renovação & Transparência, que comanda o clube desde 2008.

Confira os 52 jogadores ligados ao Corinthians e a Elenko Sports

Jogadores que fazem parte do elenco atual (5)

Walter (goleiro)
Danilo Avelar (lateral esquerdo/zagueiro)
Gabriel (volante)
Everaldo (atacante)
Matheus Davó (atacante)

Jogadores emprestados a outros clubes (15)

Felipe (goleiro)
Caique França (goleiro)
Caetano (zagueiro/lateral-esquerdo)
Marciel (volante/lateral-esquerdo)
Guilherme Romão (lateral-esquedo)
Guilherme Mantuan (lateral-direiro)
Renê Júnior (volante)
Thiaguinho (volante)
Matheus Jesus (volante)
Rael (volante)
Fabrício Oya (meia)
Sornoza (meia)
Carlinhos (atacante)
Lucca (atacante)
Gustavo Mosquito (atacante)

Jogadores da base (6)

Gustavo Paulo (zagueiro)
Yan Gabriel (meia)
Adson (meia)
Gustavo Mantuan (meia)
Rodrigo Varanda (atacante)
Cauê (atacante)

Jogadores com passagem nos últimos 10 anos (26)

Rodrigo Sam (zagueiro)
Renato Chaves (zagueiro)
Cleber Reis (zagueiro)
Vilson (zagueiro)
Rodinei (lateral-direiro)
Guilherme Arana (lateral-esquerdo)
Moisés (lateral-esquerdo)
Uendel (lateral-esquerdo)
Maycon (volante)
Jocinei (volante)
Petros (volante)
Edenilson (volante)
Douglas (volante)
Matheus Pereira (meia)
Marlone (meia)
Matheus Cassini (meia)
Léo Arthur (meia)
Roger (atacante)
Mendoza (atacante)
Malcom (atacante)
Claudinho (atacante)
Bruno Xavier (atacante)
Léo Jaba (atacante)
Rildo (atacante)
André (atacante)
Rafael Mascarenhas (atacante)

Nomes retirados das redes sociais da empresa e de seus proprietários, site da Elenko Sports e de sites especializados, como o Tranfermarkt.


Em nota emitida pela assessoria de imprensa, a Elenko Sports negou qualquer envolvimento político dentro do Corinthians. Confira a nota de esclarecimento da empresa:

Em matérias publicadas recentemente pela imprensa dizendo que a Elenko Sports participou da chegada de 52 atletas ao Corinthians, temos o dever de esclarecer: Jamais fomos procurados pelos responsáveis pelas matérias para confirmar os nomes citados nas veiculações. Não houve apuração dos fatos.

As referidas matérias têm objetivo claramente político para atingir a minha empresa e ao meu irmão, Paulo Garcia, que não é e NUNCA foi sócio da Elenko Sports.

Gostaria ainda de deixar bem claro que não sou sócio da Kalunga desde julho de 2003, e que a Elenko Sports foi fundada somente em 30 de outubro de 2014. Assim, não condiz fazer um levantamento dos últimos dez anos, já que a empresa tem pouco mais de cinco anos.

Em um ano eleitoral, criaram uma relação entre Elenko Sports e Paulo Garcia que não existe, com o único objetivo de prejudicar a mim e a meu irmão.

Pelos valores morais que aprendi em casa, essa situação só pode ser criada por pessoas que visam atingir o poder sem pensar nas consequências que tais informações incorretas possam causar.

Alguns atletas que chegaram ao Corinthians por meio de outros agentes decidiram mudar para Elenko por conta do trabalho apresentado por nossa empresa ao longo desses anos.

Abaixo segue a lista que retrata a verdade.

Atletas que a Elenko não participou da chegada ao Corinthians e também não realizava a representação do jogador quando da sua chegada ao clube paulista

Bruno Xavier – (foi um parceiro)
Caetano
Douglas volante
Marlone (nunca foi representado pela Elenko, a empresa recebeu uma comissão do CA Penapolense na transferência ao Corinthians, a LFA de Fernando Garcia tem direitos econômicos no CA Penapolense)
Maycon
Mendonza (Elenko participou somente na venda)
Sornoza
Walter (nunca fomos representantes até hoje, depois intermediamos a renovação representando o Corinthians e não o atleta)
Carlinhos (atualmente não somos representantes)
Guilherme Arana (atualmente não somos representantes)
Marciel (atualmente não somos representantes e intermediamos a renovação)
Renato Chaves (atualmente não somos representantes)
Rodinei (atualmente não somos representantes)
Adson (depois representamos o jogador)
Caíque França (depois representamos o jogador)
Claudinho (depois representamos o jogador)
Cleber Reis (depois representamos o jogador. Não foi a ELENKO e sim a LFA e GT que intermediaram o ATLETA ao Corinthians)
Edenílson (depois representamos o jogador)
Everaldo (depois representamos o jogador)
Filipe – Goleiro (depois representamos o jogador)
Gabriel Girotto (depois representamos o jogador e intermediamos a renovação)
Guilherme Mantuan (depois representamos o jogador)
Guilherme Romão (depois representamos o jogador)
Gustavo Mantuan (depois representamos o jogador)
Jocinei (depois representamos o jogador)
Leo Artur (depois representamos o jogador)
Léo Jabá (depois representamos o jogador e intermediamos a venda)
Malcom (depois representamos o jogador)
Matheus Cassini (atualmente não somos representantes)
Matheus Pereira (depois representamos o jogador)
Moisés (depois representamos o jogador)
Rael (depois representamos o jogador)
Rafael Mascarenhas (depois representamos o jogador)
Rildo (depois representamos o jogador)
Rodrigo Oya (depois representamos o jogador)
Rodrigo Sam (depois representamos o jogador)
Rodrigo Varanda (depois representamos o jogador)

Lista de atletas Intermediados ao Corinthians pela ELENKO:
André
Cauê Vinícius
Danilo Avelar
Gustavo Mosquito
Lucca
Matheus Alvarenga (Davó)
Matheus Jesus
Petros
Renê Junior
Roger (por meio de parceria)
Thiaguinho (por meio de parceria)
Uendel
Outros intermediados pela ELENKO e fora da matéria:
Clayson”

 

LEIA MAIS: