Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Comentaristas veem crueldade em possível redução salarial dos jogadores

Comentaristas e ex-jogador de futebol, Caio Ribeiro e Pedrinho, discutiram possíveis reduções de salários de jogadores de futebol devido a crise do coronavírus

Eduardo Suguiyama
Eduardo Suguiyama é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado).

Crédito: Reprodução/SporTV

Desde o último final de semana, a bola não rola no futebol brasileiro. Grandes competições foram paralisadas e estão sem data para o retorno. Até o Brasileirão que se iniciaria em maio está sobre ameaça. Diante disso, a Comissão Nacional dos Clubes estuda a possibilidade de reduzir os salários de jogadores. Os ex-jogadores Pedrinho e Caio Ribeiro analisaram a situação e se mostraram conta o fato.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O coronavírus está causando grande impactando econômico no mundo e no futebol não é diferente, tanto é que já está em estudo uma redução salarial. Ontem, os comentaristas Pedrinho e Caio Ribeiro falaram no programa Faixa Especial SporTV  sobre o tema e se demonstraram conta uma possível redução:

“Analisar a questão do salário é cruel, porque todo mundo sabe onde aperta o seu calo. O atleta esta disponível, mas não pode jogar por causa do coronavírus. Esses danos vão ser maiores também quando acabar isso, a questão emocional, a questão econômica do país, tudo isso vai ser visto depois. Cortar o salário do atleta no meio quando ele está disponível é muito cruel”, disse Pedrinho.

Caio Ribeiro foi além e pensou além dos atletas que atuam na elite do futebol nacional: “Quando a gente fala sobre cortar salários, estamos falando no topo da pirâmide, de Série A, mas a maioria precisa desse contrato pra pagar conta, por arroz e feijão na mesa”.

Barcelona

Segundo a imprensa espanhola,  Josep Maria Bartomeu, presidente do Barcelona falou com os capitães da equipa principal, Lionel Messi, Busquets, Piqué e Sergi Robert, sobre a possibilidade de reduzir os salários da equipa principal e equilibrar as contas do clube numa altura em que o campeonato está suspenso.

A princípio, os jogadores acenaram e aceitaram a redução salarial.

LEIA MAIS