Lutadora do UFC diz que reality show rendeu mais dinheiro do que MMA

Paige VanZant lutará contra brasileira Amanda Ribas no UFC 251; lutadora está perto de encerrar contrato com Ultimate

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Instagram

O problema do pagamento aos atletas do UFC é uma das questões mais discutidas dos últimos anos, com diversos lutadores e lutadoras criticando a política salarial da organização por não receberem o que acredita ser justo. Paige VanZant pode ser uma das que irá se juntar a este grupo.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Em entrevista à ESPN americana, ‘PVZ’, que enfrentará a brasileira Amanda Ribas no UFC 251, afirmou que seu contrato com o Ultimate traz menos vencimentos do que ações publicitárias no Instagram. E também que até mesmo sua passagem pelo reality show ‘Dancing with the Stars’ (a versão americana da ‘Dança dos Famosos’) lhe rendeu mais dinheiro do que suas lutas no MMA.

“Todo mundo sabe o quanto eu ganho. São US$ 46 mil cada luta. US$ 46 mil só para lutar e ainda mais US$ 46 mil se eu vencer. Não irei esconder isso porque todo mundo sabe. Ganho mais dinheiro promovendo marcas no Instagram do que somente lutando”, disse VanZant.

“Isso diz algum coisa. Como eu poderia esquecer o que vivi no ‘Dancing with the Stars’. Ganhei lá muito mais dinheiro do que em toda a minha carreira no UFC. Todas as lutas, as vitórias e até os bônus. E isso mostra que o dinheiro está lá fora”, completou.

A americana fará a luta final de seu contrato com a organização contra a brasileira, e não descartou procurar outras entidades de MMA para seguir sua carreira.

LEIA MAIS

Conor McGregor sugere que Khabib ‘inventou’ doença do pai