Neymar recordista e uruguaio do Náutico: Brasil já teve 12 representantes entre os indicados ao Puskas

Aniversariante do dia, o uruguaio do Flamengo, Arrascaeta, pode ir para o evento da Fifa pela segunda vez. Neymar já foi cinco vezes indicado e venceu uma

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.

Crédito: Ricardo Saibun / Santos FC

O futebol brasileiro sempre foi marcado pela individualidade dentro de campo, com lindos lances, dribles e gols bonitos. Essa criatividade dos jogadores em solo nacional ficou ainda mais claro com o início da premiação Puskas, de gol mais belo, eleito pela Fifa.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Durante todas as 11 edições da premiação, o Brasil já teve 12 representantes entre os indicados para o Puskas. Lista inclui brasileiros que brilharam em solo nacional e europeu, além de estrangeiros que levaram o nome das equipes brasileiras para o evento.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Relembre as 12 vezes em que o Brasil foi representado no prêmio Puskas:

Vencedores:

Neymar – foi o vencedor no Puskas 2011 com um gol pelo Santos contra o Flamengo pelo Brasileirão.

Wendell Lira – foi o vencedor no Puskas 2015 com um gol pelo Goianésia contra o Atlético-GO pelo Campeonato Goiano.

Top-3:

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Neymar – foi o terceiro colocado no Puskas 2012 com um gol pelo Santos contra o Internacional pela Libertadores.

Neymar – foi o terceiro colocado no Puskas 2013 com um gol pelo Seleção do Brasil contra o Japão na Copa das Confederações.

Marlone – foi o terceiro colocado no Puskas 2016 com um gol pelo Corinthians contra o Cobresal, do Chile, pela Libertadores.

Arrascaeta (Uruguaio) – foi o terceiro colocado no Puskas 2018 com um gol pelo Cruzeiro contra o América-MG pelo Campeonato Mineiro.

Indicados:

Nilmar – foi indicado na primeira edição do prêmio, em 2009, com um gol pelo Internacional contra o Corinthians pelo Brasileirão.

Neymar – foi indicado ao Puskas 2010 com um gol pelo Santos contra o Santo André pelo Campeonato Paulista.

Olivera (Uruguaio) – foi indicado no Puskas 2013 com um pelo Náutico contra o Sport pela Copa Sul-Americana.

Brasileiros indicados na Europa:

Grafite – foi o terceiro colocado no Puskas 2009 com um gol pelo Wolsburg contra o Bayern de Munique pelo Campeonato Alemão.

Neymar – foi indicado ao Puskas 2016 com um gol pelo Barcelona contra o Villarreal pelo Campeonato Espanhol.

Matheus Cunha – foi indicado ao Puskas 2019 com um gol pelo RB Leipzig contra o Bayer Leverkusen pelo Campeonato Alemão.