Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Deiveson Figueiredo pede por duelos contra ex-campeões dos moscas do UFC

Demetrious Johnson e Henry Cejudo são alvos do ‘Deus da Guerra’, que conquistou o cinturão no sábado (18)

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook UFC Brasil

O Brasil tem um novo campeão do UFC. Deiveson Figueiredo teve uma performance avassaladora ao vencer Joseph Benavidez no sábado (18), em Abu Dhabi, e levou para casa o cinturão dos pesos-moscas da organização, este que estava vago desde que Henry Cejudo subiu de peso.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Agora, a missão do ‘Deus da Guerra’ será buscar desbancar outros rivais. Um deles o ex-campeão da divisão, Demetrious Johnson. Mas o ‘Mighty Mouse’ está no ONE e, por enquanto, tal confronto estaria fora de cogitação.

“Eu contra o Demetrious Johnson seria uma luta que todo mundo gostaria de ver. Se o UFC puder trazê-lo de volta, me sentiria muito feliz. Eu ficaria muito feliz e teria imenso orgulho em poder nocauteá-lo. Ficaria muito feliz”, disse Deiveson na coletiva pós-luta.

Primeiro brasileiro campeão da divisão no UFC, Deiveson Figueiredo também mira encarar Cejudo, que foi seu antecessor na categoria. Mas o confronto seria em outra categoria que já teve o campeão olímpico da luta livre, o peso-galo.

“Eu gostaria lutar os galos. Eu quero ser o cara que vai trazer o Cejudo de volta. Acho que ele estava procurando por um rival que tivesse uma luta boa, e eu sou esse rival. Gostaria muito de subir e fazer essa luta com ele nos galos”, afirmou o ‘Deus da Guerra’.

LEIA MAIS

rel=”noopener” target=”_blank”>Deiveson Figueiredo campeão e mais; confira TODOS os resultados do UFC Fight Island 2

(Crédito da foto: Divulgação/Facebook UFC Brasil)