Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Presidente confirma a rádio que Setién não segue no Barcelona

Time de Munique arrasou Barcelona e impôs histórico 8 a 2 pelas quartas de final da Champions League

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Falo sobre futebol internacional, nacional e esportes americanos, principalmente NFL e NBA. Santista e apreciador do bom futebol. Twitter: @PaulFoles

O treinador Quique Setién não resistiu após perder para o Bayern de Munique por 8 a 2 e está demitido, segundo confirmou o presidente Josep Maria Bartomeu em entrevista para a rádio Cadena Cope. Vale ressaltar que o clube ainda não se pronunciou sobre a situação. A derrota foi pelas quartas de final da Champions League, na última sexta-feira (14), em Lisboa.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Setién chegou no Barcelona em janeiro para substituir Ernesto Valverde. Em pouco tempo de trabalho, ele foi muito questionado, deixou La Liga escapar para o Real Madrid e perdeu totalmente o controle do grupo após o vexame na Champions.

Depois desse resultado, o Barça termina a temporada sem conquistar títulos. É possível que haja uma reformução para as próximas temporadas, algo que o presidente Josep Maria Bartomeu já prometeu em entrevista após o jogo. Ronaldo Koeman, Mauricio Pochettino e Xavi são os nomes cotados para a próxima temporada.

“Não vou dizer agora quais são as decisões. Hoje é um dia para refletir, um dia de grandes tristezas e a partir de amanhã teremos que tentar levantar o ânimo de todos os catalães do mundo, que agora estão tristes após esta dura derrota”, disse o presidente após derrota para o Bayern

Vale ressaltar que o contrato de Lionel Messi se encerra na metade de 2021 e até o momento não houve renovação do vínculo.

Entrevista de Setién após derrota do Barcelona:

“Agora todos estão pensando se vou continuar ou não. Não depende de mim. Essa derrota me doeu pela maneira como aconteceu. Não me preocupa só pelo meu futuro, porque sei como é a profissão que escolhi, mas pela dor que ela causa.”

LEIA MAIS:

Arrasador, Bayern atropela o Barcelona e avança para as semifinais da Champions League