Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

UFC 253: Confira todos os resultados das lutas deste sábado (26)

UFC 253 teve Israel Adesanya e Paulo Borrachinha em sua luta principal, na Ilha da Luta

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial UFC

O UFC retornou à ‘Ilha da Luta, em Abu Dhabi, em grande estilo. Neste sábado, aconteceu o UFC 253, evento que reuniu duas lutas válidas por cinturão como principais atrações. O main event teve o brasileiro Paulo Borrachinha enfrentando ao nigeriano Israel Adesanya pelo cinturão dos médios.

Depois de meses de provocação, os dois lutadores puderam se encontrar no octógono. Mas se o brasileiro preferiu aderir a uma tática bem longe do estilo ofensivo que o marcou e usou e abusou de provocações. Adesanya, por sua vez, investiu nos chutes na perna até que, no segundo round, uma bela esquerda do ‘Stylebender’ derrubou o brasileiro e foi apenas esperar a interrupção da arbitragem para garantir a manutenção de seu título.

A co-luta principal também reuniu disputa por título. O americano Dominick Reyes e o polonês Jan Blachowicz se enfrentaram pelo título vago da categoria dos meio-pesados. E a cinta ficou nas mãos do lutador da Polônia, que dominou do começo ao fim e também precisou de um nocaute no segundo round para se tornar o novo campeão da divisão.

O Brasil ainda teve três outros representantes no UFC 253. Ketlen Vieira voltou a vencer no Ultimate ao bater Sijara Eubanks na decisão dos juízes no card principal. No card preliminar, Alex Leko foi derrotado por Brad Riddell e Danilo Marques venceu Khadis Ibragimov. Ambos também levando os respectivos duelos para os jurados laterais.

Para quem perdeu o card do UFC 253, o Torcedores.com irá lhe passar todos os resultados da noite na ‘Ilha da Luta’

Resultados UFC 253: Adesanya x Costa

Card Principal

Israel Adesanya (NGA) venceu Paulo Borrachinha (BRA) por nocaute técnico (segundo round, 3:59) – pelo cinturão dos médios. Adesanya manteve o título

Jan Blachowicz (POL) venceu Dominick Reyes (EUA) por nocaute técnico (segundo round, 4:36) – pelo cinturão vago dos meio-pesados. Blachowicz é o novo campeão

Brandon Royval (EUA) venceu Kai Kara-France (NZL) por finalização/guilhotina (segundo round, 0:48)

Ketlen Vieira (BRA) venceu Sijara Eubanks (EUA) por decisão unânime dos jurados (triplo 29-28)

Hakeem Dawodu (CAN) venceu Zubaira Tukhugov (RUS) por decisão dividida dos jurados (30-27, 29-28 e 28-29)

Card Preliminar

Brad Riddell (NZL) venceu Alex Leko (BRA) por decisão unânime dos jurados (triplo 29-28)

Jake Matthews (AUS) venceu Diego Sanchez (EUA) por decisão unânime dos jurados (triplo 30-26)

Ludovit Klein (EVQ) venceu Shane Young (NZL) por nocaute (primeiro round, 1:16)

William Knight (EUA) venceu Aleksa Camur (EUA) por decisão unânime dos jurados (29-28 e duplo 30-27)

Juan Dieppo (ESP) venceu Jeff Hughes (EUA) por finalização/triângulo de mão invertido (primeiro round, 3:48)

Danilo Marques (BRA) venceu Khadis Ibragimov (RUS) por decisão unânime dos jurados (duplo 29-28 e 30-27)