Le’Veon Bell é o novo RB do Kansas City Chiefs

Bell se juntará ao super ataque dos Chiefs na busca pelo Super Bowl

Thais May Carvalho
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Timothy T Ludwig/Getty Images

Depois de ser liberado pelo New York Jets na noite de terça-feira, Le’Veon Bell acertou por um ano com os Chiefs. A informação, há pouco tempo confirmada pelo time e pelo atleta, foi dada inicialmente pelos repórteres Jeremy Fowler e Adam Schefter, dois importantes insiders da NFL na ESPN norte-americana.

Após tentar diversas trocas, os Jets acabaram dispensando Bell, que não se dava bem com o técnico Adam Gase e estava desapontado com a sua participação nas jogadas do ataque. Ele havia chegado à equipe de Nova York como free agent em 2019, com contrato de 4 anos e US$ 52,5 milhões. Desse total, os Jets já pagaram 27 milhões e ainda devem mais seis pelos dois jogos que o atleta participou nesta temporada.

Durante sua estada nos Jets, Bell atuou em apenas 17 jogos, somando 863 jardas corridas e três touchdowns, sendo que sua maior carregada foi de 19 jardas e em nenhuma partida ele passou das 100 jardas terrestres. Esses números mostram que suas atuações ficaram muito abaixo do esperado, afinal, com o Pittsburgh Steelers, Le’Veon Bell era um dos melhores running backs da liga.

Entre quarta e quinta-feira, além do Kansas City Chiefs, havia diversos rumores na NFL de que os principais times concorrendo para assinar com Bell eram o Buffalo Bills, o Miami Dolphins, o New England Patriots, o Chicago Bears e o Las Vegas Raiders (que já havia tentado uma troca pelo jogador).

Chegando em Kansas City, Le’Veon Bell fará uma dupla bastante explosiva e ágil de RBs com o novato Clyde Edwards-Helaire. Dessa forma, o ataque já poderoso dos Chiefs terá mais uma arma perigosa para os adversários ficarem de olho. Isso inclui o New York Jets, que enfrentará KC na semana 8, caso o calendário não mude. Por conta dos protocolos da COVID-19, o atleta precisará ser testado por cinco dias antes de se juntar à equipe. Com isso, ele não participará do jogo de segunda-feira contra os Bills.