Dome teria dito aos jogadores do Flamengo que título da Libertadores 2019 foi “sorte” e irritado elenco

Treinador do Flamengo teria deixado os jogadores irritados com comportamento recentes

Rogério Araujo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Alexandre Vidal / Flamengo

Domènec Torrent não está em um momento confortável no comando do time do Flamengo na temporada. Um dia após perder para o Atlético-MG por 4 a 0, pela 20ª rodada do Brasileirão, o treinador vem recebendo muitas cobranças e pedidos da torcida para que ele seja demitido.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Segundo o site GE, o técnico espanhol também enfrenta problemas internos no clube, o que vem deixando os jogadores do time irritados com o seu comportamento. Tido como “boa praça” entre o elenco e funcionários do clube, o técnico já chegou a apontar “sorte” na conquista da Copa Libertadores do ano passado.

“Alguns posicionamentos de Dome também desgastaram a relação. Em determinado momento em uma exibição de vídeo em que sentiu o elenco disperso, o espanhol disparou que ‘viu jogos de 2019 e não seria todo ano que seriam campeões na sorte’ citando a final contra o River Plate. Os atletas engoliram seco”, diz a publicação.

“Declarações auto defensivas repetidas em entrevistas coletivas também são ditas internamente, como ‘a dificuldade de uma equipe ser campeã por dois anos consecutivos’. A repetição do argumento fez até com que jogadores mais experientes contra argumentassem com a perspectiva de que deveria ser mais difícil ainda para os adversários bater o Flamengo depois do que foi realizado em 2019. Falar em relacionamento ruim é exagero, até mesmo pelo mais recorrente elogio aos espanhóis: de quem são todos muito educados e ótimas pessoas. Entretanto, o incômodo com este tipo de postura e as repetidas declarações de que os erros são individuais e não de montagem da equipe é uma realidade, completa a reportagem assinada pelo repórter Cahê Mota.

O treinador está sendo especulado para deixar o clube após a derrota para o Galo. Caso não aconteça, Dome vai comandar a equipe na quarta-feira (11), contra o São Paulo, no primeiro de dois jogos pelas quartas de final da Copa do Brasil.

LEIA MAIS: