Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Jovem meia do Grêmio não se firma no time de cima, “desce” e desabafa após gol: “Tinha perdido a alegria de jogar”

Depois de algumas oportunidades no time principal, Patrick está atuando na equipe sub-23 do Grêmio

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Reprodução/Instagram

Após começar o ano ganhando chances no time titular com o técnico Renato Portaluppi, que ainda não contava com Jean Pyerre 100% nem Thiago Neves, Patrick não conseguiu dar sequência na equipe principal do Grêmio e foi perdendo espaço dentro do plantel.

A perda de protagonismo fez o jovem meia de 21 anos “descer” ao time de transição que está jogando o Brasileirão de Aspirantes até 23 anos. Na última quinta, ele marcou um dos gols do empate em 2×2 com o Bragantino, que classificou o time à próxima fase e escreveu um desabafo em suas redes sociais.

“A um mês atrás tinha perdido a alegria de jogar futebol, estava cansado mentalmente e muito triste com algumas coisas que vinham acontecendo em minha vida. Tive a ajuda de minha família e de alguns amigos que me apoiaram e me deram força pra seguir. Eu sabia que não seria fácil, mas tinha certeza que iria passar pelo que estava passando. Trabalhei e me foquei o máximo possível. Hoje fico feliz a estar fazendo o que amo, com total certeza que tudo na nossa vida passa. Agradeço a Deus e todos que em ajudaram. Seguimos o foco no objetivo”, postou.

Continuidade no Grêmio esteve por um fio

Patrick, que esteve emprestado ao Criciúma recentemente, novamente ficou perto de deixar o Grêmio. O Lille, da França e o Vasco da Gama foram os clubes que demonstraram interesse em tê-lo em 2020, mas as negociações acabaram não vingando.

Com o Grêmiosegundo o portal Transfermarkt, o contrato do meia Patrick tem validade até 31/03/2021.

LEIA MAIS:

Matheus Henrique cita brincadeiras com meia do Inter e diz que Kannemann é quem mais cobra: “Ele se transforma”

Presidente do Inter aponta erro do juiz no último Gre-Nal e minimiza jejum no clássico: “Estamos na frente desde 1945”

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram