Mattos repete fórmula usada no Palmeiras e faz do Atlético-MG o clube que mais investiu em reforços na temporada

Com Alexandre Mattos, Atlético-MG fez a contratação mais cara da história do clube com Matías Zaracho. No Palmeiras, o ex-diretor Alviverde ‘conquistou’ o mesmo feito com Miguel Borja

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Bruno Cantini / Agência Galo

O Atlético-MG passou por uma ‘reformulação’ em 2020, e as chegadas do técnico Jorge Sampaoli e do diretor de futebol Alexandre Mattos foram importantes para transformar o Galo no clube que mais investiu em reforços no ano. Ao todo, foram 19 reforços contratados e R$ 164,5 milhões gastos – apenas quatro jogadores chegaram ‘sem custos’, sendo por empréstimo ou fim de contrato.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

O reforço mais caro do Atlético-MG na temporada, é também o jogador mais caro da história do clube: Matías Zaracho, contratado junto ao Racing-ARG, no segundo semestre, por R$ 33 milhões. O clube ainda pagou R$ 23 milhões no lateral Guilherme Arana, R$ 20 milhões no atacante Marrony e R$ 17,89 milhões no zagueiro Júnior Alonso. Os dados são do UOL Esporte.

A fórmula adotada por Alexandre Mattos no Atlético-MG se assemelha a mesma que foi utilizada no Cruzeiro bicampeão brasileiro (2013 e 2014) e, principalmente, no Palmeiras entre 2015 e 2019, quando montou os elencos campeões da Copa do Brasil e do Brasileirão 2016 e 2018.

Assim como o Atlético-MG conta com a ajuda financeira da MRV Engenharia, Mattos tinha no Palmeiras o aporte financeiro da Crefisa para fazer contratações como a de Miguel Borja por mais de R$ 33 milhões – o jogador mais caro da história do clube Alviverde -, Carlos Eduardo por R$ 26 milhões, Deyverson por R$ 20 milhões e outras negociações que são questionadas até hoje, mesmo após a saída do dirigente.

Mesmo com as eliminações precoces na Copa do Brasil e na Copa Sul-Americana antes das chegadas de Mattos e Sampaoli, o Atlético-MG está na briga pelo título do Campeonato Brasileiro e é o atual líder da competição, com dois pontos de vantagem para o segundo colocado.

Confira TODAS as contratações do Atlético-MG em 2020:

Matías Zaracho – R$ 33 milhões
Marrony – R$ 20 milhões
Guilherme Arana – R$ 23 milhões
Junior Alonso – R$ 17,89 milhões
Allan – R$ 13,6 milhões
Keno – R$ 12,3 milhões
Eduardo Sasha – R$ 9,8 milhões
Savarino – R$ 8,6 milhões
Vargas – R$ 7,1 milhões
Everson – R$ 6 milhões
Dylan Borrero – R$ 4,5 milhões
Léo Sena – R$ 4,4 milhões
Bueno – R$ 1,5 milhão
Alan Franco – R$ 1,5 milhão
Mailton – R$ 1,4 milhão
Hyoran – sem custo
Diego Tardelli – sem custo
Rafael – sem custo
Mariano – sem custo

PALMEIRAS SEM ALEXANDRE MATTOS:

Com a saída de Alexandre Mattos, demitido em novembro de 2019, o Palmeiras adotou uma postura mais conservadora no mercado da bola, e até o momento, gastou ‘apenas’ pouco mais de R$ 61 milhões em reforços na temporada – Rony (R$ 28 milhões), Matías Viña (R$ 16 milhões), Kuscevic (R$ 8 milhões), Breno (R$ 7,2 milhões) e Alan Empereur (R$ 1,9 milhão).

O clube conquistou o Campeonato Paulista, é o quinto colocado na tabela de classificação do Brasileirão – com quatro pontos a menos que o Atlético-MG -, está nas oitavas de final da Libertadores e nas quartas da Copa do Brasil.

LEIA MAIS:
Atlético-MG: Zaracho chega para ser o 4º jogador mais valioso do Brasileirão
Reforço do Atlético-MG, Zaracho é o gringo mais valioso do Brasileirão; veja o top-10

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes