Richarlison se revolta após homem negro ser espancado até a morte no Carrefour

Homem foi espancado por seguranças de um supermercado em Porto Alegre

Rogério Araujo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Players' Tribune Football

A morte de um homem negro nesta quinta-feira (19), em um supermercado da rede Carrefour, em Porto Alegre, revoltou o jogador da seleção brasileira Richarlison.

Segundo o site G1, o homem negro era João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos. Ele foi espancado até a morte por dois homens brancos, na véspera do Dia da Consciência Negra. Os dois seriam seguranças do supermercado.

“Parece que a gente não tem saída…Nem no dia da Consciência Negra. Aliás, que consciência? Mataram um homem negro espancado na frente das câmeras. Bateram e filmaram. A violência e o ódio perderam de vez o pudor e a vergonha. George Floyd, João Pedro, Evaldo Santos foram em vão?”, escreveu Richarlison em sua conta no Twitter. “Covardia demais”, completou ele em outro post.

Acompanhe as notícias do seu time do coração pelo Facebook

LEIA MAIS: