Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Alê Oliveira é afastado e Turner pensa até em demissão após acusações de agressão doméstica

Comentarista da Turner virou assunto durante a semana após boletins de ocorrência serem divulgados

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Reprodução/Youtube

A Turner afastou temporariamente o comentarista Alê Oliveira na última sexta-feira (11). De acordo com o site UOL Esporte, a empresa conduz uma investigação interna para esclarecer os episódios policiais e judiciais que vieram a público nesta semana. Entre eles, acusações de relacionamento abusivo, violência doméstica e ameaças estão sendo usadas contra o ex-jogador de futsal.

Com o afastamento, Alê Oliveira está fora da grade de programação deste final de semana. Ele estava escalado para ajudar na transmissão entre Palmeiras e Bahia, mas acabou sendo retirado e o jogo terá Vitor Sérgio Rodrigues e Mauro Beting. Além disso, o programa no canal do Youtube do Esporte Interativo está suspenso – mesmo com episódios já gravados até o final do ano.

Ainda segundo o UOL Esporte, executivos do Esporte Interativo, ao lado dos membros maiores de Turner e Warner Media, já debatem uma possível demissão de Alê. Essa demora na decisão tem gerado críticas à empresa, que deve oficializar alguma nota ainda neste final de semana.

Alê Oliveira publicou mensagem pedindo para ver a filha

O comentarista da Turner afirma que está sendo proibido de ver a própria filha. Nesta terça-feira (8), em publicação nas redes sociais, o ex-jogador de futsal e profissional do Esporte Interativo ressaltou que está sendo bloqueador de entrar em contato com a filha.

VEJA TAMBÉM:

Conversas divulgadas, vídeos e BOs: comentarista Alê Oliveira é acusado de violência doméstica

Alê Oliveira relata drama ao não poder ver a filha: “Não quero briga com ninguém”

Comentarista é detonado na web após comentário machista na final da Champions