Pedro, Gabigol, Pato e Tévez: 10 contratações mais caras da história do Brasileirão

Atacante rubro-negro foi anunciado como reforço definitivo do Flamengo e custou 15 milhões de euros

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.

Crédito: Alexandre Vidal & Paula Reis / Flamengo

Nesta quarta-feira (9), o Flamengo acertou em definitivo a contratação do atacante Pedro, que estava emprestado pela Fiorentina. O acordo foi de 15 milhões de euros (R$ 93 milhões) pelo atacante.  Serão seis parcelas de 2,3 milhões de euros (R$ 14,3 milhões), com dois pagamentos por ano. As duas de 2021 já foram incluídas para o orçamento da próxima temporada, de acordo com o site Globoesporte.com.

Com isso, a contratação de Pedro já é a segunda mais cara da história do futebol brasileiro, ao lado de Tévez e Pato, ambos para o Corinthians, em 2005 e 2013, respectivamente. Vale lembrar que os valores, em euros, não foram contabilizados por inflação e variam de acordo com cada momento histórico.

O primeiro lugar no ranking, de acordo com o site especializado Transfermarkt, também pertence a um jogador do Flamengo. O atacante Gabigol custou cerca de 19 milhões de euros para os cofres rubro-negros no começo desta temporada e lidera a lista.

CONFIRA A LISTA LIDERADA POR PEDRO E GABIGOL DE CONTRATAÇÕES MAIS CARAS:

  1. Gabigol – 17,45 milhões de euros – Flamengo
  2. A. Pato – 15 milhões de euros – Corinthians
  3. Tévez – 15 milhões de euros – Corinthians
  4. Pedro – 15 milhões de euros – Flamengo
  5. Arrascaeta – 14,8 milhões de euros  – Flamengo
  6. Leandro Damião – 13 milhões de euros – Santos
  7. Vitinho – 12 milhões de euros – Flamengo
  8. Gérson – 11,8 milhões de euros – Flamengo
  9. Mascherano – 11,8 milhões de euros – Corinthians
  10. Vagner Love – 10 milhões de euros – Flamengo
  11. Carlos Alberto – 10 milhões de euros – Corinthians

VEJA TAMBÉM:

Flamengo supera PSG de Neymar e é o 7º clube mais comentado no mundo

Série A do Brasileirão já tem 26 trocas de técnicos em 2020; veja lista