Renato compara eliminação diante do Santos com 5 a 0 para o Flamengo e pede desculpas à torcida do Grêmio

Grêmio foi goleado e eliminado pelo Santos na Libertadores

Rogério Araujo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/TV Globo

Após o Grêmio ser eliminado da Copa Libertadores pelo Santos, nesta quarta-feira (17), ao ser derrotado por 4 a 1, o técnico Renato Gaúcho comentou sobre a goleada e a sua semelhança para o 5 a 0 sofrido diante do Flamengo na Libertadores do ano passado.

“Tem coisas que converso somente com meu grupo. Não adianta falar em público o que aconteceu, deixou de acontecer. Se tem algum culpado sou eu, pronto. Infelizmente nem sempre vamos ganhar”, iniciou Renato.

“O Grêmio tem mais duas competições, firme e forte. Não é por essa derrota que vamos abaixar a cabeça e achar que está tudo errado. Não está, não. Vamos conversar para não repetir esses erros, mas eu sou o escudo do meu grupo. Quando um erra, todo mundo erra. Quando um ganha, todos ganham. Amanhã a gente já vira a chave”, completou ele.

O treinador gremista ainda admitiu que sua equipe não esteve bem durante a partida. Ele ainda pediu desculpas aos tricolores.

“A gente não esteve bem nesses 180 minutos contra o Santos. No momento em que você toma o gol com 11 segundos, até dá para reagir. Tivemos a chance para empatar, não empatamos e levamos 2 a 0… Aí a moral do adversário ficou grande. Estamos cabisbaixos e peço até desculpas ao nosso torcedor”.

LEIA MAIS:

Gabigol iguala a Pedro na artilharia do Flamengo em 2020