Lisca desabafa após empate do América-MG com Brasil de Pelotas

Coelho tropeçou na última terça-feira (19) em briga pelo título da Série B, ao ficar no 0 a 0 com os gaúchos

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Twitter Oficial América-MG

Já garantido na Série A de 2021, o América-MG ainda luta para ser campeão do Campeonato Brasileiro da Série B. Na atual rodada, no entanto, acabou ficando no empate sem gols com o Brasil de Pelotas.

O empate faz com que o Coelho precise torcer para que a Chapecoense não vença a Ponte Preta para se manter líder da Série B. Após o resultado, o técnico Lisca lançou críticas em tom de desabafo sobre a atuação de seus comandados diante do Xavante.

“Eu acho que ficar secando não adianta. As brechas estão se abrindo para a gente e não estamos conseguindo aproveitá-las. A gente não está sabendo concluir as situações que nos são favoráveis. Agora, deixamos a favor da Chapecoense”, disse Lisca segundo o Globoesporte.com

Os problemas da equipe, em especial os ofensivos, já começam a preocupar o treinador do América-MG quanto à disputa da Série A. Com apenas um gol marcado nas últimas partidas (de Messias contra o Botafogo-SP), o treinador faz um alerta caso veja um time atuando de forma semelhante na primeira divisão.

“Série A é outro nível de competição, é outro nível de exigência. Se atuarmos da mesma maneira que atuamos hoje (terça) e nos dois últimos jogos, vamos passar uma vergonha muito grande! Precisamos evoluir muito para poder jogar uma Série A condizente. Se jogarmos assim, a gente não marca nem 30 pontos na Série A”, relatou o treinador do Coelho.

(Crédito da foto : Divulgação/Twitter Oficial América-MG)