Decisão! Veja a provável escalação do Boca Juniors contra o Santos

Fora de casa, Boca Juniors vai em busca de mais uma final de Libertadores

Eder Bahúte
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgacao/Boca Juniors escalação

Pela semifinal da Libertadores da América, Santos x Boca Juniors se enfrentam nesta quarta-feira (13), às 19h15 (de Brasília), no Estádio da Vila Belmiro. No primeiro jogo, na Bombonera, em Buenos Aires, empate em 0 a 0. Para avançar, o time argentino precisa de uma vitória simples sobre os brasileiros.

Escalação do Boca Juniors contra o Santos

Para este decisivo confronto, o clube xeneize vem motivado após garantir classificação na Copa Diego Maradona. Apesar de um time alternativo, os comandados de Miguel Ángel Russo fizeram bonito e o empate acabou sendo suficiente.

O 2 a 2 diante do Argentinos Juniors, inclusive, é um placar que interessa ao Boca neste meio de semana. Qualquer igualdade com gols colocará o visitante em mais uma final de Libertadores. Sem problemas por lesão ou suspensão, os argentinos chegaram ao Brasil com força máxima.

A tendência é que Russo repita a mesma formação do duelo de ida. Entre os relacionados, a grande novidade é a volta de Jorman Campuzano, recuperado de um problema físico. Apesar de ser titular no meio-campo, sua participação desde o início ainda é um mistério.

Quem avançar terá pela frente Palmeiras ou River Plate, que se enfrentam hoje, às 21h30, no Allianz Parque.

A provável escalação do Boca Juniors é a seguinte: Andrada; Jara, Lisandro López, Izquierdoz e Fabra; Campuzano (Capaldo), Diego González, Villa, Salvio; Carlos Tévez, Soldano.

Ficha técnica: Santos x Boca
Motivo: Volta da semifinal da Conmebol Libertadores 2020
Data: 13 de janeiro de 2021
Hora: 19h15 (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Wilmar Roldán (COL)
Onde assistir: Fox Sports

Santos: João Paulo, Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Soteldo; Marinho, Kaio Jorge e Lucas Braga.

Boca Juniors: Andrada; Jara, Lisandro López, Izquierdoz e Fabra; Campuzano (Capaldo), Diego González, Villa, Salvio; Carlos Tévez, Soldano.