Fluminense contrata empresa para estudo sobre reforma das Laranjeiras

Desejo antigo do Flu de reformar estádio pode ser do papel em breve; estudo busca viabilizar projeto

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Mailson Santana/Site Oficial do Fluminense

O estádio das Laranjeiras, casa do Fluminense,  pode ganhar uma reforma no futuro. O clube encomendou a uma empresa um estudo para viabilizar mudanças no local para o futuro.

Em seu site oficial, o Flu anunciou a contratação da  Encopetro Engenharia Estrutural, que iniciou nesta semana o trabalho de viabilidade de uma possível reforma no estádio. Os primeiros passos são para averiguar a segurança das arquibancadas do campo para ver o que pode ser feito numa reestruturação, como a capacidade possível de público.

O estudo também apontará possíveis danos na estrutura do estádio, que devem definir o que pode ser feito para sanar tais problemas, gerado pela idade do estádio, inaugurado em 1914 como a casa do Flu. E assim determinar os rumos da possível reforma.

Seu time maltrata seu coração? 

Deixa que o Clude cuida dele para você!

“São estruturas de concreto armado que datam de antes dos anos 20. Uma época em que o concreto era um material muito novo, sem normatizações e regulamentações a nível mundial. Precisamos saber que materiais em que foram construídas essas arquibancadas e que maneiras elas foram projetadas para que possamos avaliar a capacidade de carga”, declarou Robson Luiz Gaiofatto, engenheiro responsável por este projeto inicial.

O laudo do estudo deve ser entregue ao Fluminense em até três meses. O presidente Mário Bittencourt afirmou que o direcionamento do estudo determinará o que pode ser feito e quando será gasto para reformar as Laranjeiras, antigo sonho do clube. A intenção é de reformar com a possibilidade de uso futuro pelos profissionais.

“Somente após este diagnóstico é que poderemos saber, com exatidão, o orçamento para realizar a obra aqui. Infelizmente, são 25 anos sem uma manutenção adequada do estádio, principalmente nas arquibancadas populares, onde já há uma degradação acentuada”, disse o presidente tricolor.

(Crédito da foto: Mailson Santana/Site Oficial do Fluminense)