Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

GSP dá dica para McGregor se recuperar após derrota para Poirier

GSP comentou derrota do irlandês na luta principal do UFC 257 e se disse ‘surpreso’ pelo resultado

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Facebook Oficial UFC

A derrota de Conor McGregor para Dustin Poirier no último final de semana no UFC 257 foi uma dos resultados mais chocantes do Ultimate nos últimos anos. E até mesmo um dos maiores nomes da história da organização, Georges St-Pierre se surpreendeu com o resultado.

O canadense deu entrevista ao podcast de Michael Bisping, Believe You Me, e analisou o momento do ‘Notorious’. Para uma das grandes estrelas do UFC, com um poder de vendas tão semelhante ao do irlandês, GSP afirma que McGregor precisa se reinventar para poder voltar a brilhar e lutar de igual para igual com os nomes da categoria dos leve.s

“Acho que o Conor precisa renascer. Ele precisa mudar algumas coisas no treinamento dele e também na vida, onde ele acredita terem sido as causas de seu fracasso. Não importa se é verdade ou não, contanto que ele acredite. No meu caso, quando perdi para Matt Serra, treinei para acreditar que ele me venceu porque subestimei ele. Talvez eu não estivesse assustado o suficiente, talvez eu não tenha treinado muito e foi nisso que me forcei para acreditar. Talvez isso não seja verdade, mas é importante para ele acreditar e então ele possa reconstruir a confiança a partir daí”, declarou o canadense.

GSP revelou que o nocaute sofrido pelo irlandês o ‘surpreendeu’ por imaginar que o tradicional estilo de imposição psicológica do ‘Notorious’ em relação a seus rivais. Mas não tirou os méritos do Diamond quanto à vitória.

“Achava que o Conor venceria, mas me enganei. Fiquei surpreso com a luta. Acho que uma das maiores qualidades dele é de intimidar os adversários com sua pressão e presença. Todas as informações que ele dá para seus adversários, a falação, muitos dos oponentes dele desistem sob pressão. Mas o Poirier se manteve atento e essa é uma forma que mostra que ele é bom. Agora, será interessante ver como o Conor vai responder a isso. Acredito que ele possa voltar depois dessa derrota”, disse.

(Crédito da foto: Reprodução/Facebook Oficial UFC)