Palmeiras pode ficar sem Abel Ferreira se passar para final da Libertadores

Treinador corre risco de, se levar cartão amarelo na partida de volta, não treinar Verdão em eventual decisão

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Cesar Greco/Site Oficial do Palmeiras

O Palmeiras joga nesta terça-feira (12) contra o River Plate, no Allianz Parque, pela segunda partida das semifinais da Libertadores. O 3 a 0 no jogo de ida coloca o Verdão muito perto da vaga para a final, mas também com o risco de ficar sem seu treinador para a decisão do dia 30, no Maracanã.

De acordo com o Globoesporte.com, o treinador palmeirense pode não estar no banco de reservas do Maracanã caso leve cartão amarelo. Na competição, segundo as contas da Conmebol, o português tem dois cartões amarelos, levados no jogo de volta das quartas de final contra o Libertad e na ida da semifinal.

Se levar mais um amarelo contra os argentinos, Abel não estaria em campo para, talvez, o grande jogo da temporada do Palmeiras. A regra da suspensão pelo terceiro cartão amarelo na Libertadores é valida tanto para jogadores como para treinadores, que também passaram recentemente de acordo com regras da Fifa a levarem cartões.

Além disto, o treinador é o único que aparece com risco de ficar fora da decisão caso tome cartão amarelo na partida de terça. A princípio é algo que não preocupa o Alviverde, que já terá diante do River ausência por causa de acúmulo de cartões amarelos, o volante Patrick de Paula.

LEIA MAIS

Somadas, jóias do Palmeiras tem valor de multa na casa dos bilhões

(Crédito da foto: Cesar Greco/Site Oficial do Palmeiras)