Com Covid-19, Chris Weidman tem luta com Uriah Hall adiada

Ex-campeão dos médios do UFC iria lutar no próximo dia 13, mas doença pode fazer com que luta seja adiada para abril

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook UFC Brasil

O UFC 258,  que será realizado no próximo dia 13, ficou sem uma de suas lutas. Segundo a ESPN americana, Chris Weidman foi diagnosticado com a Covid-19 e não irá mais lutar no evento contra Uriah Hall.

A luta era uma das programadas para acontecer no evento, que será realizado no UFC Apex, em Las Vegas. E é uma revanche de um combate já acontecido em outra organização. Em 2021, no Ring of Combat, Weidman venceu por nocaute e levou para casa o cinturão da entidade.

A intenção do Ultimate é adiar o combate para outra data. A mais provável será o dia 24 de abril, quando deve ser realizado o UFC 261, cotado para acontecer em Singapura. No entanto, a organização ainda não confirmou data ou local para este card.

Os dois lutadores vem para tentar dar um rumo em suas carreiras na categoria dos médios. Hall vem de três vitórias seguidas no UFC. A mais recente delas foi sobre Anderson Silva, naquela que seria sua última luta pelo Ultimate, em outubro de 2020.

Já Weidman vem de situação diferente. Em fase irregular na carreira, venceu apenas duas de suas sete últimas lutas. O ex-campeão dos médios, no entanto, vem de triunfo em cima de Omari Akhmedov, em agosto.

 

(Crédito da foto: Divulgação/Facebook UFC Brasil)