Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

10 contratações da temporada que mais valeram a pena na disputa do Brasileirão 2020

Um dos artilheiros do Brasileirão 2020, Luciano chegou ao São Paulo em agosto após ser envolvido em uma troca com o Grêmio

Danielle Barbosa
Jornalista. Escrevendo para o Torcedores desde 2014.

Crédito: Divulgação clubes/montagem

O Campeonato Brasileiro de 2020 chegou ao fim na quinta-feira (25) consagrando o Flamengo como bicampeão, conquistando ainda o título da competição pela oitava vez em sua história. E a edição do nacional que teve como grande diferencial a pandemia da covid-19, com protocolos de segurança, surtos do vírus em diversos elencos e estádios sem público, serviu também para coroar alguns jogadores que foram contratados ao longo da temporada.

Mercado em CASA

Clique aqui para ter 50% off!

O Torcedores.com listou dez contratações feitas na temporada de 2020, considerando desde o início do ano – antes da pandemia – até a última janela de contratações,  em novembro, que mais se destacaram durante a disputa do Campeonato Brasileiro.

Artilheiro do Brasileirão ao lado de Claudinho, do Red Bull Bragantino, o atacante Luciano foi a única novidade no time do São Paulo em 2020 ao ser envolvido em uma troca com o Grêmio, que recebeu o meia-atacante Everton no negócio. O jogador chegou ao clube do Morumbi em agosto, e pela Série A disputou 32 jogos e marcou 18 gols com a camisa 11 do Tricolor paulista.

Outro destaque da temporada foi Thiago Galhardo, contratado pelo Internacional em janeiro de 2020, após se destacar com a camisa do Ceará no ano anterior. Pelo Colorado, o camisa 17 marcou 17 gols e deu cinco assistências em 29 jogos disputados pelo Brasileirão – o jogador terminou a competição como vice-artilheiro, ao lado de Marinho, do Santos.

Do campeão Flamengo, o grande destaque é Pedro, atacante contratado para disputar posição com Gabigol. Em meio a disputa por posição, o ex-jogador do Fluminense aproveitou para colocar em prática seu talento de artilheiro. Foram 14 gols e 3 assistências em 36 jogos disputados pela competição, sendo apenas 39% das partidas como reserva.

Veja as 10 contratações de 2020 que mais valeram a pena na disputa da Série A do Brasileirão na temporada:

Luciano (São Paulo) – 32 jogos (71% como titular), 18 gols e 3 assistências
Thiago Galhardo (Internacional) – 29 jogos (53% como titular), 17 gols e 5 assistências
Pedro (Flamengo) – 36 jogos (39% como titular), 14 gols e 3 assistências
Vina (Ceará) – 30 jogos (76% como titular), 13 gols e 9 assistências
Diego Souza (Grêmio) – 25 jogos (66% como titular), 13 gols e 3 assistências
Gérman Cano (Vasco) – 33 jogos (84 como titular), 13 gols e 1 assistência
Keno (Atlético-MG) – 32 jogos (76% como titular), 10 gols e 6 assistências
Yuri Alberto (Internacional) – 23 jogos (34% como titular), 9 gols e 1 assistência
Savarino (Atlético-MG) – 31 jogos (71% como titular), 7 gols e 7 assistências
Guilherme Arana (Atlético-MG) – 36 jogos (89% como titular), 4 gols e 5 assistências

ENTRE OS TREINADORES…

Como já e costume no futebol brasileiro, a disputa do Brasileirão também ficou marcada pela dança das cadeiras entre os treinadores. Ao todo, foram 44 trocas – Coritiba e Botafogo, ambos clubes rebaixados para a Série B, fizeram seis trocas de técnicos ao longo da competição cada. Nem todas, porém, foram ruins.

Campeão e vice-campeão, Flamengo e Internacional trocaram seus treinadores durante o campeonato. O Rubro-Negro carioca demitiu o espanhol Domènec Torrent e contratou Rogério Ceni, enquanto a equipe Colorada anunciou Abel Braga após Eduardo Coudet se transferir para o futebol europeu.

Além deles, Maurício Barbieri, que assumiu o Bragantino em setembro, com o time na 18ª colocação na tabela de classificação, entrou na lista de destaques. Em 29 jogos, o comandante levou o Massa Bruta para a 10ª colocação, garantindo vaga na disputa da Copa Sul-Americana 2021.

Veja o desempenho dos treinadores:

— Rogério Ceni (Flamengo) – 19 jogos, 12 vitórias, 3 empates e 4 derrotas
— Abel Braga (Internacional) – 18 jogos, 10 vitórias, 4 empates e 4 derrotas
— Maurício Barbieri (Bragantino) – 29 jogos, 11 vitórias, 11 empates e 4 derrotas

*Dados do site Transfermarkt.

LEIA MAIS:
Internacional iguala Santos como clube com mais vices do Campeonato Brasileiro

As melhores notícias de esportes, direto para você

 

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes