Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Mick Schumacher se diz pronto para enfrentar rivais do pai da Fórmula 1

Piloto alemão estreia pela Haas neste fim de semana, no GP do Bahrein. e diz que será “divertido” dividir a pista com veteranos como Alonso

Fernando Cesarotti
Jornalista, professor universitário e fã ardoroso de qualquer esporte. Autor do OlimpCast, podcast sobre esportes olímpicos.

Crédito: Divulgação/Formula1.com

A estreia de Mick Schumacher é uma das atrações da Fórmula 1 em 2021. Na modesta Haas, o alemão que acabou de completar 22 anos diz que não sente o peso de carregar o nome do pai, Michael Schumacher, e que está empolgado pela chance de enfrentar na pista rivais que foram contemporâneos a ele.

“É divertido pensar nisso e mostra como esses caras são bons e bem-sucedidos, pois estão no esporte por um bom tempo”, afirmou. Dos 20 pilotos do grid atual, quatro correram com Michael Schumacher: Fernando Alonso, Kimi Raikkonen, Sebastian Vettel e Lewis Hamilton.

Os primeiros passos de Mick foram dados nos testes de duas semanas atrás, na mesma pista de Sakhir que recebe os treinos livres a partir desta sexta-feira, às 9h30. “O tempo foi curto e fizemos o que foi possível. Vamos ver agora o que acontece na pista”, afirmou o piloto.

Mick Schumacher divide a equipe com o russo Nikita Mazepin, também estreante na Fórmula 1. No ano passado, o alemão foi campeão da Fórmula 2, a última categoria de acesso à elite da velocidade. “O desafio está colocado e vamos ver o que conseguimos fazer”, concluiu

LEIA MAIS:

Ligando os motores: como “esquenta” para F1, Band exibe filme Rush

Felipe Giaffone: “Não acreditava que a F1 saísse da Globo”